Receitas

Prática e econômica: Máscara natural de amido de milho e mel para combater o frizz do cabelo

O amido de milho, por exemplo, é rico em carboidratos, proteínas, fibras e muito mais.

Cabelos ao vento

O amido de milho é um ingrediente curinga presente na cozinha de muita gente. Versátil, ele pode ser usado para fazer diferentes delícias, como mingau, bolos, cremes, engrossar caldos e molhos, entre outras coisas.

No entanto, o que diversas pessoas provavelmente não sabem é que existe também a possibilidade de preparar poderosas máscaras capilares caseiras com o amido de milho. Inclusive, algumas delas são perfeitas para combater o frizz dos cabelos.

Portanto, se você sofre com este problema e deseja resolvê-lo de forma natural, prática e econômica, a seguir mostramos como preparar uma máscara caseira à base de amido de milho e mel que pode ajudar.

Recomendados

Segundo informações do portal Soy Carmín (onde a receita foi extraída), o amido de milho é rico em carboidratos, proteínas e fibras, contém minerais como ferro, cálcio, zinco, manganês, selênio e potássio, e ainda possui também vitaminas do grupo B, vitamina A, C e E.

Contudo, antes de experimentar qualquer solução caseira para os seus cabelos, é fundamental procurar um especialista e seguir suas orientações. Agora, veja a receita completa:

Ingredientes

- 2 colheres de sopa de amido de milho

- 1 colher de sopa de mel (ou açúcar)

- 1 colher de sopa de condicionador

- ¾ litro de água

Modo de preparo

Primeiro, coloque a água em uma panela e aqueça. Assim que ferver, acrescente o amido de milho e bata até obter uma mistura homogênea. Em seguida, retire a mistura do fogo e use uma peneira para remover grumos. Por fim, adicione os demais ingredientes e mexa bem novamente.

Aplicação

Aplique a máscara em todo o couro cabeludo, fazendo massagens circulares. Depois, deixe agir por 30 minutos. Passado esse tempo, enxágue sem deixar resíduos. Repita o procedimento duas vezes por semana.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM