Notícias

Pai furioso briga em parque aquático por filha ser proibida em brinquedo por ser pequena

Homem tentou quebrar regras de segurança do parque

drunk men

Às vezes, os pais tomam decisões questionáveis para realizar algum desejo, seja deles próprios ou dos filhos, mas nem sempre são filmados.

Recentemente um vídeo foi publicado nas redes sociais mostrando um homem gritando com o operador de um brinquedo cujas medidas de segurança impedem a entrada.

Os limites de segurança para participar do brinquedo, mas a menina de altura menor que a permitida tentou entrar e foi impedida. O pai furioso então tentou forçar a entrada da criança.

Recomendados

Pai é flagrado gritando com trabalhadores de parque temático enquanto a filha chora

O vídeo começa com o pai se apresentando a um funcionário. A mulher com quem ele chama o gerente enquanto ele continua elevando a voz e um homem tenta explicar para o pai que a filha dele é muito pequena para aquela atração.

“Minha filha vai entrar ou eu e você vamos resolver isso lá fora”, diz o pai ameaçando os funcionários do parque.

Quando o gerente chega e explica, mais uma vez, que a criança não poderá entrar, o pai diz “Ela vai entrar do seu jeito ou do meu”, em mais uma ameaça.

Durante o vídeo é possível ouvir a criança chorando alto e abraçada ao pai.

“Minha filha de 8 anos de idade está chorando. Você vai ver!”, continua o homem em estado de fúria.

A autora do vídeo contou que depois do caos, a menina pode entrar no brinquedo e colocada na primeira fileira junto ao pai.

Ela ainda contou que a equipe de segurança do parque acompanhou a família, mas não sabe dizer se foram expulsos do parque.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM