Notícias

Jovem de 20 anos tem a casa incendiada pelo ex-companheiro em Suzano, SP

O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Chamas
Reprodução/Pexels (pexels.com)

Na madrugada do último domingo, dia 10 de março, uma jovem, de 20 anos, teve sua casa incendiada pelo ex-companheiro no bairro Chácaras Monte Carlo, em Suzano, município localizado na Região Metropolitana de São Paulo. O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

ANÚNCIO

Segundo informações do portal G1, a jovem, que não teve a identidade divulgada, contou em seu depoimento que não estava no local no momento do crime, de acordo com a Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo.

No entanto, ela foi avisada por testemunhas de que o ex-companheiro chegou ao local em uma motocicleta e incendiou a casa. Ele fugiu depois do crime.

Recomendados

Exames foram solicitados junto ao Instituto de Criminalística e dois boletins de ocorrência foram registrados. Um sobre o incêndio e o outro sobre o descumprimento de medida protetiva de urgência na Delegacia de Suzano e DDM do município.

Ainda de acordo com a SSP, as diligências prosseguem para o esclarecimento de todas as circunstâncias dos fatos.

· · ·

Leia também: Homem é preso em flagrante ao tentar matar a ex-companheira enforcada após ela se recusar em reatar o relacionamento

· · ·

No Piauí, mulher é atacada pelo companheiro com golpes de faca após ele chegar em casa e não encontrar comida

Na manhã também do domingo (10), uma mulher foi atacada pelo próprio companheiro com golpes de faca no bairro Lourival Parente, na zona sul de Teresina, município localizado no estado do Piauí.

De acordo com informações do G1, o homem estava sob efeito de álcool e drogas no momento do crime, informou a Polícia Militar (PM).

Conforme relato de populares, ele chegou na residência pela manhã e começou a agredir a companheira após não encontrar comida. O homem pegou uma faca e chegou a cortar a mão da mulher, porém ela conseguiu fugir do local.

Segundo a coronel Josilene, do 6º Batalhão da Polícia Militar (6º BPM), ele fugiu e ainda não foi localizado. Já a vítima, foi socorrida e depois levada para a Central de Flagrantes de Gênero de Teresina para registro do Boletim de Ocorrência.

Uma medida protetiva também foi solicitada. O crime foi registrado pela PM como tentativa de feminicídio e a Polícia Civil deve investigar o caso.

· · ·

Atenção, mulher!

Se você está passando por qualquer tipo de violência, física ou psicológica, ligue para o número 180 e denuncie. Se preferir, comunique o ocorrido pelo número de WhatsApp: (61) 9610-0180. O atendimento está disponível para todo o Brasil, 24 horas por dia, durante os sete dias da semana, inclusive feriados.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias