Notícias

Descobrem smartphone em uma pintura do século XVII e caso se torna viral

Uma pintura de 350 anos atrás tornou-se viral depois que descobriram uma pessoa segurando um smartphone!

Una pintura de hace 350 años se ha vuelto viral luego de que han descubierto una persona sosteniendo un smartphone a plena vista.
Imagen: York Perry - Montaje: DALL-E | Una pintura de hace 350 años se ha vuelto viral luego de que han descubierto una persona sosteniendo un smartphone a plena vista.

Ver para crer! Alguém encontrou um homem segurando um smartphone em uma pintura clássica de mais de 3 séculos atrás. E tudo parece indicar que poderia ser um viajante no tempo, se estivermos dispostos a usar a nossa imaginação para explicar o ocorrido.

ANÚNCIO

A internet tem uma recente obsessão por viajantes no tempo. Isso foi comprovado com a última sensação viral no TikTok. No entanto, as coisas chegaram a um novo extremo, com uma curiosa descoberta dentro de um retrato clássico pintado em 1670 onde as pessoas atualmente se maravilharam a ponto de transformar a peça em um fenômeno viral.

Depois que eles começaram a notar que a pintura é protagonizada, aparentemente, por uma pessoa segurando um smartphone, muitas teorias nasceram.

Recomendados

A pintura que mostra um viajante no tempo segurando um smartphone

O retrato em questão tem o título de “Homem Entregando uma Carta para uma Mulher na Entrada de uma Casa”. Ele foi concluído em 1670 pelo pintor holandês Pieter de Hooch, pertencente à mesma escola de estilo que Rembrandt, e talvez seja a obra mais reconhecida deste autor.

Na pintura, como o seu nome indica, vemos um mensageiro entregando uma mensagem para uma dama da alta sociedade holandesa do século XVII. Por séculos essa foi a descrição e essa foi a conotação da obra. Mas agora alguém notou que o que o mensageiro carrega na mão não seria uma carta, mas sim um smartphone.

Una pintura de hace 350 años se ha vuelto viral luego de que han descubierto una persona sosteniendo un smartphone a plena vista.
Imagen: Archivo | .

A iluminação e o ângulo, devido ao estilo da pintura, dão uma iluminação escura, tornando o envelope praticamente preto.

Esse detalhe levou muitos a interpretar que na verdade não se trata de uma carta, mas de um smartphone, talvez um Samsung ou um iPhone de alto nível, porque estamos diante de um retrato da alta sociedade daquela época.

A ideia é claramente cômica, mas chama a atenção como a ideia de que um smartphone esteve escondido nesse retrato por séculos intrigou muitas pessoas também.

Tags

Últimas Notícias