Notícias

Durante lua de mel, casal é surpreendido com valor cobrado por duas bebidas e ostras em um restaurante

O caso aconteceu durante a passagem do casal por uma noite em Mykonos, na Grécia

Casal em lua de mel na Grécia

O casal de Toronto, no Canadá, Lindsay e Alex, ambos de 30 anos, se casaram na Itália em maio deste ano e estavam viajando em lua de mel pela Europa por três semanas.

Em passagem de uma noite por Mykonos, na Grécia, resolveram visitar um restaurante no local e foram surpreendidos com o valor total do consumo de uma cerveja, um coquetel e uma dúzia de ostras: 335 euros, na conversão atual, aproximadamente 1.790,00 reais.

Ao invés de receberem a conta na mesa, Alex foi levado até uma sala no fundo do restaurante para realizar o pagamento e, chegando ao local, apenas o mostraram a tela do computador, toda escrita em grego. O rapaz, após se sentir intimidado, somente pagou a conta e saiu de lá com a esposa.

Lindsay, relatando sobre o ocorrido, diz que no início havia percebido algo errado, quando os funcionários do restaurante perguntaram se eles queriam ostras, já seguido por “uma dúzia?”. Pensando ser algo típico do local, eles aceitaram e Alex pediu uma cerveja, enquanto sua esposa pediu o menu de coquetéis e o garçom apenas listou os destilados que eles possuíam.

Casal em lua de mel na Grécia

A mulher confirma que o funcionário tentou servir bebidas ‘comicamente grandes’, que eles não pediram e ficavam ao redor da mesa por todo o tempo, tentando ainda oferecer-lhes patas de caranguejo.

“Meu marido foi ao banheiro e, quando voltou, disse que achava ter visto um menu que dizia que custava 29 euros por ostra e eu disse que não tinha como” relata a mulher. Ela completa dizendo que nesse momento eles já haviam consumido o alimento.

Lindsay informa ainda que outro homem voltou com um carrinho de sobremesas, colocando as mais variadas sob a mesa e dizendo: “Então é claro que vamos comer bolo hoje”. Ela e o marido recusaram e o funcionário ficou ofendido.

O casal afirma que olharam o menu do lado de fora e se lembraram que dizia ‘nove euros por ostra’, porém, depois descobriram que as letras pequenas diziam que o preço era por 100g.

“Felizmente, tínhamos dinheiro suficiente, estávamos usando nosso cartão de crédito para despesas maiores. Posso imaginar como alguém acabaria sem dinheiro’ encerra Lindsay.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM