Notícias

Papa critica pessoas que preferem ter animais de estimação a filhos: ‘uma forma de egoísmo’

‘A negação da paternidade e da maternidade nos diminui’, declarou o pontífice

O Papa Francisco elogiou a paternidade e a adoção durante uma audiência geral no Vaticano e lamentou que às vezes os animais de estimação tomem o lugar das crianças.

“Hoje vemos uma forma de egoísmo: vemos que alguns não querem ter filhos”, declarou o pontífice. Ele também pediu às instituições que facilitem os processos de adoção, para que se concretize o sonho dos casais e das crianças que precisam de uma família.

“A negação da paternidade e da maternidade nos diminui, tira a humanidade, a civilização envelhece”, acrescentou ao criticar a queda dramática na taxa de natalidade que é registrada em muitos países ocidentais.

“Ter um filho é sempre um risco, seja biológico ou adotado. Mas é mais arriscado não ter. É mais arriscado negar a paternidade, negar a maternidade, seja ela real ou espiritual.” ◼

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM