Notícias

VÍDEO: Jornalista agredida em chegada de Bolsonaro na Bahia desabafa no Instagram

Repórter foi ameaçada e recebeu ‘mata-leão’.

A jornalista Camila Marinho, usou seu Instagram para desabafar sobre a agressão que sofreu enquanto cobria a vinda de Bolsonaro para o Sul da Bahia no último domingo (12).

“Nenhuma ameaça nos tira da nossa missão de informar. Só lamento a truculência, o ódio e a covardia dos que se acham melhores e acima de tudo e de todos. Somos trabalhadores exercendo o nosso papel: jornalistas em busca dos fatos e da verdade. Mas antes de tudo somos seres humanos. E o mínimo que queremos é respeito”, disse na rede social.

De acordo com o Correio 24 horas, p o cinegrafista Cleriston Santana, também da Rede Bahia, também foi atacado, assim como as equipes da TV Aratu, afiliada do SBT no estado.

Imagens mostram um segurança repetindo aos repórteres que os microfones estavam batendo nas costas dele e ameaçando: “Se bater de novo vou enfiar a mão na tua cara. Não bata em mim, não batam em mim”.

Ao lado de apoiadores do presidente, o secretário de obras da cidade de Itamaraju, Antonio Charbel, tentou puxar os microfones da repórter Camila Marinho, que também teve sua pochete arrancada e recuperada posteriormente por outro jornalista.

Veja o momento:

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM