Notícias

Primeira mulher indicada ao Oscar de Melhor Direção, morre aos 93 anos

Lina Wertmüller, teve sua indicação ao prêmio da academia em 1977 por ‘Pasqualino Sete Belezas’

A cineasta italiana Lina Wertmüller, faleceu nesta última quarta, 8, na sua casa em Roma. Lina foi a primeira mulher a ser indicada ao Oscar na categoria de Melhor de Direção, em 1977, por seu filme ‘Pasqualino Sete Belezas’. O filme, que conta as aventuras atrapalhadas de um soldado na Segunda Guerra Mundial, também foi candidato a Melhor Ator, Melhor Roteiro Original e Melhor Filme Estrangeiro.

Depois de Lina, apenas Jane Campion, Sofia Coppola, Kathryn Bigelow, Greta Gerwig, Emerald Fennell e Chloé Zhao concorreram nesta categoria nas mais de 90 edições do Prêmio.

Em 2019, a Hollywood Academy concedeu-lhe o Oscar honorário por sua carreira ao lado de David Lynch, Geena Davis e Wes Studi. Onde chegou a sugerir que a estatueta deveria ser feminina, com o nome de Anna, em vez de Oscar. Antes de se estrear em 1963 com ‘I Basilischi’, foi assistente de direção de Federico Fellini, que se tornou seu mentor.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM