Notícias

Família da modelo brasileira morta no Chile deverá acompanhar sepultamento online

A família não poderá acompanhar o enterro da modelo brasileira presencialmente por conta de uma decisão do governo chileno.

modelo brasileira

A família da modelo brasileira Nayara Vit, que morreu após cair do 12º andar do prédio em Santiago, no Chile, não poderá acompanhar o sepultamento de forma presencial.

+ NOTÍCIAS

  1. Amiga revela as últimas conversas com modelo brasileira que morreu no Chile
  2. Provas indicam que modelo brasileira morta no Chile não cometeu suicídio
  3. Após tentar agredir mulher negra, ela entrou em pânico ao perceber que estava sendo filmada

Isso porque para entrar no Chile, a família precisaria fazer uma quarentena de 14 dias. Os familiares não receberam autorização para eliminar a quarentena. O Itamaraty, em comunicado, afirmou que está prestando assistência cabível à família da vítima.

«Em caso de falecimento de cidadão brasileiro no exterior, os consulados brasileiros podem prestar orientações gerais aos familiares, apoiar seus contatos com autoridades locais e cuidar da expedição de documentos, como o atestado consular de óbito. O traslado ou não dos restos mortais de brasileiros falecidos no exterior para o Brasil é uma decisão da família. Não há previsão regulamentar e orçamentária para o pagamento do traslado pelo poder público. A depender da causa da morte, a assistência consular também pode incluir o acompanhamento das investigações junto às autoridades locais», informou.

Segundo informações do G1, a mãe da modelo mora em Porto União, no Norte catarinense, e deve assistir à cerimônia em casa que acontecerá nesta quinta-feira (22).

LEIA TAMBÉM

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM