logo
Notícias 21/07/2021

Testemunhas no caso da modelo brasileira morta no Chile afirmam receber ameaças

A família da modelo brasileira contratou um advogado que reuniu provas e descartou a hipótese de suicídio. As testemunhas do caso afirmaram que estão recebendo ameaças

Nayara Vit, modelo brasileira que vivia há 15 anos no Chile, morreu no dia 8 de julho após cair do 12º andar do apartamento do namorado, localizado em Santiago do Chile. As autoridades chilenas, a princípio, tinham determinado que a causa da morte teria sido suicídio.

A família da modelo não acreditou na hipótese e contratou um advogado que reuniu provas e descartou a linha de investigação.

+ NOTÍCIAS

As autoridades chilenas, após receberem as provas, decidiram investir outras hipóteses e nos próximos dias, segundo o canal de TV Chilevisión, haverá uma reconstituição para esclarecer circunstâncias da morte da modelo.

“Certas inconsistências nos principais depoimentos do acontecimento nos permitem considerar com mais força e interesse diferentes hipóteses de suicídio”, disse o procurador Omar Mérida.

Ainda segundo a Chilevisión, as testemunhas ouvidas no caso afirmaram que estão recebendo ameaças.

LEIA TAMBÉM