logo
/ WALES NEWS SERVICE
Notícias 31/05/2021

Mãe alerta que sua filha morreu ‘comendo chiclete demais’

A mãe decidiu alertar a todos após o inquerido da sua filha apontar que ela morreu após comer diversos chicletes

Samantha Jenkins, 19 anos, morreu há 10 anos. Ela reclamava de uma dor de estômago antes de desmaiar e entrar em coma.  A autópsia da jovem revelou “quatro ou cinco caroços verdes brilhantes” que eram chicletes.

A família encontrou dezenas de embalagens de chiclete escondidos em seu quarto. Em 2015, um legista apontou que isso poderia ter contribuído para a morte de Samantha, em 3 de junho de 2011.

Maria Morgan, a mãe da jovem, três dias antes do 10 º aniversário decidiu prestar uma homenagem e falar sobre sua morte. “Lembro-me como se fosse ontem”, disse Maria ao Metro UK.

“Lembro-me de pensar como, como diabos você pode ir para o hospital em uma sexta-feira com uma filha de 19 anos e sair de lá apenas dois dias depois com apenas seus óculos?  Foi o mais, não consigo nem explicar, mais surreal – nem consigo explicar. Foi simplesmente horrível”, afirmou.

 Após a morte da jovem, a família precisou investigar para saber o que realmente tinha acontecido. Foi então que descobriram as embalagens do quarto dela. “Em todas as sacolas que ela tinha e em todas as gavetas de seu quarto havia embalagens de chiclete, caixas vazias de chiclete”, afirmou.

+ MATERNIDADE

O patologista Dr. Paul Griffiths, segundo a reportagem, “deu a causa da morte como sendo uma hipóxia cerebral causada por convulsões e esgotamento de eletrólitos – vital para manter as funções essenciais do corpo”.

“Dez anos depois, há tantos’ porquês ‘para mim, mas o maior por que é por que diabos eu perdi minha filha para goma de mascar?”, desabafou a mãe.

LEIA TAMBÉM