logo
/ Reprodução/SP Sobre Trilhos
Notícias 27/04/2021

Mulher morre após homem a agredir com golpes de marreta no Metrô de SP

A mulher chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu. O suspeito foi preso

Uma mulher, de 46 anos, morreu após ser agredida com golpes a marretas na linha azul do Metrô de SP. O crime, segundo o G1, ocorreu na madrugada da última segunda-feira (26), enquanto o trem estava na estação da Sé, centro de São Paulo.

O homem que cometeu o crime era um aposentado de 55 anos e teria tido um surto psicótico, segundo funcionários do Metrô.

Ele foi preso em flagrante e internado em um hospital, pois foi espancado por outros passageiros que ficaram revoltados com o crime.

A vítima também chegou a ser socorrida e levada para um hospital, mas não resistiu.

“A marretada usada e uma faca de cozinha foram apreendidas. O homem disse aos agentes que toma remédio e ouviu vozes”, informa trecho da nota sobre o caso enviada ao G1 pela assessoria da Secretaria da Segurança Pública.

+ NEWS

“Uma das testemunhas contou que o aposentado estava em pé e de repente, armado com uma marreta, foi para cima da vítima, que estava sentada”, informa o comunicado da pasta da Segurança.

A a assessoria do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, informou ao G1, que a prisão em flagrante do aposentado foi convertida em prisão preventiva.

LEIA TAMBÉM