logo
/ Unsplash
Notícias 23/03/2021

65% dos profissionais trans não se sentem seguros para falar sobre sua situação no trabalho

Pesquisa também revelou que 42% deles abandonaram o emprego por causa de hostilidade

Por : Redação

Uma pesquisa revelou que funcionários trans e não binários têm maior probabilidade de esconder seu status no trabalho em comparação com cinco anos atrás.

Dados de uma nova pesquisa da Totaljobs e YouGov descobriram que 65% dos funcionários trans não se sentem seguros o suficiente para divulgar sua situação em um ambiente de trabalho.⁠

Uma nova pesquisa também revelou que 42% dos funcionários trans deixaram seus empregos devido a um ambiente de trabalho hostil (um aumento de 7% desde 2016), e outros 32% sofreram discriminação no local de trabalho.⁠

 

Enfrentando o problema

Para ajudar a enfrentar o aumento constante da intolerância em relação à comunidade trans e não binária, os locais de trabalho devem integrar mais proteções e treinamento para apoiar os trabalhadores LGBTQ.

Metade dos funcionários trans disse que mascara sua verdadeira identidade ao procurar um novo emprego ou função de trabalho.

Os novos dados da pesquisa revelaram uma falta de apoio prático e educação no local de trabalho, o que poderia ajudar a reduzir o preconceito e o comportamento intolerante.

Mais da metade dos funcionários trans revelou que seus empregadores não oferecem treinamento inclusivo sobre como apoiar funcionários trans.⁠

 

Leia também