Notícias

Angel, a manifestante que se tornou um ícone da luta pela democracia em Myanmar

Centenas de pessoas de Myanmar compareceram ao funeral de uma manifestante de 19 anos morta numa marcha contra o regime militar do país asiático. Kyal Sin, mais conhecida como Angel, levou um tiro na cabeça e faleceu na cidade de Mandalay.

Angel foi uma das 38 pessoas mortas na quarta-feira (3), de acordo com as Nações Unidas. Numa das fotos antes de ser executada, a jovem aparece no meio da multidão com óculos para se proteger do gás lacrimogêneo, uma máscara e uma garrafa de plástico na mão.

“A garrafa na mão é para ajudar outras pessoas que foram atingidas por gás lacrimogêneo”, escreveu no Twitter a jornalista birmanesa Aung Naing Soe. “Ela sacrificou a sua vida para nos mostrar que há esperança.”

Mais de 50 pessoas já foram mortas enquanto os militares lutam para afirmar a sua autoridade.

 

Leia também

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM