Notícias

Nicarágua determina prisão perpétua para feminicídio

Nesta segunda-feira (25), a Nicarágua aplicou, pela primeira vez em sua história, prisão perpétua por feminicídio, quando é cometido após um estupro motivado por misoginia ou na presença dos filhos da vítima.

A regulamentação entrou em vigor no começo da semana após sua publicação no Diário Oficial. Assassinato com agravos — como  incêndio, sufocação e envenenamento — ou se a vítima for uma pessoa vulnerável também impõem a mesma pena.

 

Leia também

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM