Elas promovem nosso segurança, mas não estão seguras: 74% das mulheres na área da segurança já sofreram assédio

Crédito: Pexels

Dois juízes realizaram uma pesquisa com aproximadamente 2 mil mulheres que atuam nas instituições de segurança pública e Forças Armadas. A pesquisa, segunda a Veja, revelou que 74% delas já sofreram assédio sexual no ambiente de trabalho.

O objetivo dos juízes e dos professores Mariana Aquino e Rodrigo Foureau é expor a realidade das mulheres que atuam na Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Civil.

Além disso, eles desejam lançar uma companha nacional com “10 Medidas contra o Assédio Sexual” para conscientizar e promover o combate da violência contra a mulheres nas instituições de Segurança Pública e nas Forças Armadas.

LEIA TAMBÉM