Justiça absolve empresário acusado de estuprar a blogueira Mari Ferrer por ausência de provas contundentes

Reprodução / Instagram

O empresário André de Camargo Aranha, de 43 anos, foi absolvido pela justiça pela acusação de estupro da blogueira Mari Ferrer. Ela que denunciou a violência em 2018 que teria ocorrido no Cafe de La Musique em Florianópolis.

De acordo com o portal Jus Catarina, o magistrado acolheu os argumentos da defesa do empresário, liderada pelo advogado criminalista Claudio Gastão da Rosa Filho, e entendeu pela ausência de “provas contundentes nos autos a corroborar a versão acusatória”.

“Portanto, como as provas acerca da autoria delitiva são conflitantes em si, não há como impor ao acusado a responsabilidade penal, pois, repetindo um antigo dito liberal, “melhor absolver cem culpados do que condenar um inocente”. A absolvição, portanto, é a decisão mais acertada no caso em análise, em respeito ao princípio na dúvida, em favor do réu (in dubio pro reo), com base no art. 386, VII, do Código de Processo Penal.”, registraram.

É importante lembrar que exames constataram conjunção carnal, presença de sêmen na calcinha e ruptura do hímen de Mari, que ainda era virgem.

A sentença pode ser apelada e decisão foi criticada por internautas que voltaram a manifestar apoio a blogueira por meio da hashtag #justicapormariferrer.