Vovó de 103 anos decide fazer sua primeira tatuagem

Reprodução

Dorothy Pollack completou 103 anos em junho em uma casa de repouso do Michigan, nos Estados Unidos, sozinha, em função do isolamento imposto pela pandemia.

De acordo com sua neta, a covid-19 a manteve isolada por meses e a enfermeira que cuidava dela disse que ela estava muito deprimida e seria melhor tirarem a avó de lá.

Uma semana após sair da casa de repouso, a vovó comunicou a todos que iria fazer uma tatuagem, o primeiro item da lista de desejos que ela criou enquanto estava na clínica.

Dorothy disse que decidiu por uma tatuagem de sapo, que é a coisa que ela mais gosta, e na última sexta-feira arregaçou a manga do braço para o tatuador cumprir o primeiro desejo da lista. "Foi muito empolgante, porque anos atrás meu neto queria que fizesse, e eu não fiz”, disse.

A próxima aventura de sua lista de desejos, revelou Dorohy, é “fazer um doce passeio de motocicleta”.

Com informações da wnem.com.