logo
Comportamento e Relacionamento 15/05/2021

Relacionamento: vale a pena me separar de meu parceiro mesmo depois de muitos anos juntos?

Na dúvida, ouça o seu coração; a sua felicidade deve ser a palavra final

Por : Redação

Estar ao lado de alguém por décadas… Que lindo, não é mesmo? Porém, quando a infelicidade começa a aparecer, nos questionamos se é apropriado sacrificar o relacionamento.

“Fico ou vou embora?” Cada vez mais pessoas estão optando pela segunda opção, já que nunca é tarde para buscar a felicidade. Com o tempo, as mudanças culturais fizeram com que, apesar da idade, não tenhamos medo de enfrentar novos desafios e lutar pelos nossos sonhos.

A realização e a felicidade pessoal não são apenas para os jovens. É possível buscar a satisfação, mesmo que isso signifique deixar para trás algo que se acreditava eterno — porque é inútil ficar em um lugar onde você não se sente mais bem.


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela nossa publicação mais recente:


Separando-se de um parceiro depois de muitos anos juntos

E não estamos falando apenas de infidelidade. Não é preciso chegar a esse ponto para se afastar, pois é igualmente válido querer algo mais na vida.

Da mesma forma, existem cada vez menos estigmas ao redor dos divorciados, razão pela qual se tornou uma opção a nível social e legal — mas ainda difícil pelo medo à solidão.

Sobre isso, os especialistas recomendam refletir profundamente, caso seja uma crise, ou realmente, não haja o que fazer. É importante mergulhar internamente nas motivações e falar francamente com o parceiro.

Se no final essa decisão for tomada, “durante o processo de divórcio, é importante não jogar nada na cara, não procurar culpados ou responsáveis, mas assumir e aceitar que o relacionamento acabou”, explica a psicóloga Patricia Ramírez.

“É preciso procurar lembrar todo o carinho, tudo o que foi feito juntos e entender que essa também é uma nova oportunidade de ser feliz”, acrescentou.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: