Comportamento e Relacionamento

Relacionamento: a submissão alimenta a violência sexista

Uma coisa é você querer tranquilidade; outra coisa é aceitar as atitudes machistas do seu parceiro

Muitas vezes conseguimos evitar brigas no nosso relacionamento. No entanto, também há vezes em que adotamos atitudes submissas que, de alguma forma, encaixam-se nas atitudes machistas do nosso parceiro.

O medo de perder, incomodar ou decepcionar a pessoa que você tanto ama pode levá-la a ser muito submissa ou a pensar que certas atitudes estão OK — quando, na verdade, não estão.

Existem muitas maneiras diferentes de se estar em um relacionamento doentio, e nem todas elas se concentram no abuso ou na negatividade.

Saiba mais sobre o tema:

O romantismo

Filmes e livros de romance nos levam a acreditar que o ciúme, a possessividade e o controle excessivo do nosso parceiro são sinais de amor.

Porém, um parceiro que busca ter controle sobre você aplicará constantemente manipulação e chantagens emocionais. Assim você nunca vai perceber que algo está errado.

Você pensará que realmente é você a culpada por todos os problemas, e isso a levará a ser ainda mais submissa.

A superproteção

O fato de seu parceiro ser “superprotetor” também é um alerta vermelho.

Parceiros abusivos usam mal o poder e o controle para manter as suas vítimas sob controle.

Ele pode pensar que está apenas mantendo você segura, mas, na realidade, está tentando controlar uma situação ou sentindo medo da infidelidade.


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela nossa publicação mais recente:

  1. Mulher é encontrada em área onde vivem apenas ursos

O que fazer

Se você já percebeu esse tipo de atitude, deve parar de pensar que é romântico.

Não se submeta ao comportamento dele, pois isso pode rapidamente se transformar em violência sexista. Lembre-se de que isso não é apenas abuso físico, mas também abuso emocional.

Dizer que ele faz isso para o seu bem é uma forma de justificar o seu comportamento tóxico.

O “amor cego” perde de vista o verdadeiro significado de um relacionamento saudável.

Fonte: Nueva Mujer (em espanhol)


Leia também

  1. Mulher é encontrada em área onde vivem apenas ursos
  2. 2 filmes da Netflix que demonstram o perigo de um relacionamento tóxico
  3. Manchas na pele: acabe com o problema com esta máscara caseira de limão e óleo de coco

Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias:

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM