Saúde e Bem-estar

Enxaqueca: estes são os alimentos que você deve comer para prevenir a dor de cabeça

A enxaqueca pode afetar o bem-estar. Por sorte, é possível confiar em uma dieta para reduzir o desconforto da dor de cabeça forte

De acordo com o portal Meganoticias (em espanhol), a enxaqueca pode afetar o bem-estar diário de qualquer pessoa. Por sorte, é possível confiar em uma dieta específica para reduzir o desconforto da dor de cabeça forte. Saiba mais:

Os alimentos que previnem a enxaqueca

Segundo a Migraine Disorders Association (em inglês), a lista inclui a maioria dos cereais, com pão branco e de centeio e biscoitos simples.

Em termos de proteínas, existem muitas variedades que não afetam quem sofre de enxaqueca, como:

  1. carnes vermelhas
  2. frango
  3. peru

Sementes de gergelim, abóbora e girassol também funcionam.

Laticínios — como leite, queijo e ricota — não devem gerar contra-indicações.

Já para os temperos, são permitidos molhos e temperos caseiros, sem aromatizantes.

As frutas e os vegetais permitidos

O consumo de frutas e vegetais para prevenir a enxaqueca é muito importante.

De acordo com o portal Cuerpomente (em espanhol), as folhas verdes têm grande potencial devido às quantidades de magnésio e das vitaminas B9 e K.

Couve e aspargos também apresentam muitos benefícios, devido à riqueza em cálcio, vitaminas e minerais.

Na seção de frutas, a melhor opção é morango ou abacaxi.


⚠️ Atenção: este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.


Leia também

  1. 2 filmes da Netflix que demonstram o perigo de um relacionamento tóxico
  2. Manchas na pele: acabe com o problema com esta máscara caseira de limão e óleo de coco
  3. ‘Virgin River’: Netflix renova série de sucesso; programa terá 4ª e 5ª temporadas

Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias:

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM