logo
Estilo de Vida 05/06/2021

7 alimentos que você NÃO deve guardar no congelador

Congelar alimentos é uma das melhores dicas para economizar tempo e dinheiro — mas não é aconselhável fazê-lo com todos os ingredientes

Por : Redação

Congelar alimentos é uma das melhores dicas para economizar tempo e dinheiro. Você pode congelar refeições ou ingredientes frescos para poder consumi-los em qualquer época do ano. Mas não é aconselhável fazê-lo com todos os alimentos.

Uma vez que um alimento entra na geladeira, você o expõe a um nível mais alto de umidade. Se forem alimentos porosos, vão absorver água e, ao retirá-los, todo o excesso de líquido se perderá, o que mudará sua textura.


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela mais recente publicação da NOVA MULHER:


Alimentos que você deve comer frescos

Imagine que você quer comer uma salada de alface crocante. Se você quer manter essa textura, nunca deve congelá-la. Assim que entram no freezer, eles acumulam mais água e umidade e, então, ficam muito moles.

Macarrão e arroz cozido

Depois de cozinhar esses alimentos secos, você os expôs à água apenas o suficiente para dar-lhes a consistência que os torna tão deliciosos. No congelador, eles vão acumular água como uma esponja e seu sabor vai se estragar.

Comida frita

Alimentos fritos perderão o fator de crocância, mesmo após o reaquecimento.

Queijo e laticínios

Quando falamos em queijos, não há uma maneira certa de armazená-los. Se falamos do parmesão, perde-se a umidade, por exemplo.

Também não é recomendado com produtos lácteos porque eles tendem a separar as gorduras do líquido. Se você colocar uma caixa de leite no congelador ao retirá-la, provavelmente terá gordura coalhada. Porém, deve-se notar que as propriedades dos alimentos são mantidas.

Ovo cru

A densidade da clara e da gema dos ovos faz com que uma vez exposta a baixas temperaturas ela se expanda, quebre o ovo e você provavelmente terminará em um desastre. É muito semelhante ao que acontece com bebidas ou cervejas carbonizadas.

Maionese e ketchup

Os temperos desse tipo também se separam quando atingem o ponto de congelamento. Mas, geralmente, os conservantes os tornam alimentos de longa duração sem estragar.

Carnes descongeladas

Se você tinha alguns pedaços de peixe prontos para cozinhar na geladeira, mas se no último minuto se arrependeu, nem pense em colocar no freezer. Enquanto é descongelado, as bactérias são ativadas ou se acumulam — as quais, com o cozimento, podem desaparecer. Porém, se você o congelar, ele ficará contaminado e você poderá adoecer ao comê-lo.


Leia também


Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de jornalistas e redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias: