Comportamento e Relacionamento

3 maneiras de manter a calma em momentos difíceis

Respira fundo, tudo passa

‘Olores fantasma’ o ‘fantosmia’

Com toda certeza, manter a calma em momentos de turbulência pode ser um tanto quanto desafiador, porém, utilizando das melhores estratégias você conseguirá driblar esses sentimentos ruins.

Aqui estão três maneiras de fazer isso:

  1. Prática de Mindfulness e Meditação: Reserve alguns minutos do seu dia para praticar mindfulness e meditação. Isso pode ajudar a acalmar a mente e reduzir a ansiedade, permitindo que você se concentre no presente e reconheça suas emoções sem julgamento. A meditação regular pode aumentar sua resiliência emocional e ajudá-lo a lidar melhor com situações estressantes.
  2. Respiração Consciente: A prática da respiração consciente é uma técnica simples, mas poderosa, para reduzir o estresse e encontrar a calma interior. Quando estiver enfrentando um momento difícil, tire alguns momentos para se concentrar na sua respiração. Respire profundamente pelo nariz, segure por alguns segundos e expire lentamente pela boca. Repita esse processo algumas vezes, focando apenas na sua respiração, e sinta como sua mente começa a se acalmar.
  3. Foco na Resolução de Problemas: Em vez de se deixar sobrecarregar pela emoção do momento, tente se concentrar na resolução do problema de forma prática e objetiva. Faça uma lista das possíveis soluções e escolha a mais adequada para a situação. Divida o problema em etapas menores e concentre-se em enfrentá-las uma de cada vez. Isso pode ajudar a reduzir a sensação de sobrecarga e fornecer um senso de controle sobre a situação.

Lembre-se de que é normal sentir-se sobrecarregado às vezes, e buscar ajuda de amigos, familiares ou profissionais de saúde mental também é uma opção válida quando necessário.

Recomendados

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM