Saúde e Bem-estar

Os ‘vampiros energéticos’ existem: O que são e como identificá-los para se proteger da sua influência negativa

Eles não sugam seu sangue, mas roubam sua energia positiva e transformam seu dia em uma carga de vibrações negativas

Los 'vampiros energéticos' existen: Qué son y cómo identificarlos para protegerse de su influencia negativa

sAna Elisa chegava ao trabalho e sua colega Mariana sempre estava de olho no que ela fazia ou deixava de fazer. Se saía para tomar um café com outras colegas, Mariana queria estar presente; ou simplesmente quando buscavam um assunto de conversa entre as duas, Mariana sempre a sobrecarregava com seus problemas.

Nos últimos dias, Ana Elisa sentia-se desconcertada e exausta depois de interagir com Mariana, até mesmo ficando sem forças, sem energia, com dor de cabeça ou de estômago, como quando se come algo estragado.

A estas pessoas que são capazes de produzir esse tipo de sintomas são chamadas de ‘vampiros energéticos’.

Recomendados

O que é um ‘vampiro energético’

O termo ‘sem raízes’ na psicologia formal ganhou popularidade ao descrever coloquialmente aqueles indivíduos que, consciente ou inconscientemente, absorvem a energia dos outros para satisfazer suas próprias necessidades.

De acordo com o portal Mens Health, a ginecologista Christiane Northrup descobriu, através de suas pacientes, como às vezes ocorrem ‘vazamentos de energia’ do nosso corpo e esses vazamentos estão relacionados com as pessoas que temos ao nosso redor.

Northrup destaca que os ‘vampiros energéticos’, são as pessoas responsáveis por essas perdas de energia que podemos encontrar no trabalho ou em nossa vida pessoal e conduziu uma pesquisa cujos resultados estão em seu livro ‘Como evitar os vampiros energéticos: um guia para se livrar dos relacionamentos que te consomem e recuperar o poder e a saúde’.

Nas conclusões deste livro, a doutora enfatiza que a maioria das pessoas que são vítimas dos ‘vampiros energéticos’ são compassivas e carinhosas, preocupando-se muito com aqueles ao seu redor. Elas são geralmente chamadas de “empáticas”, mas os vampiros são exatamente o oposto. Eles se aproximam dessas pessoas, mas são incapazes de fazer o mesmo, obtendo tudo de bom delas sem dar absolutamente nada em troca.

Estas pessoas tóxicas podem se manifestar de várias maneiras: como o amigo que está sempre reclamando, o membro da família que nunca está satisfeito, ou o colega de trabalho que constantemente busca atenção. Muitas vezes, não percebemos o impacto negativo que têm em nossas vidas até que seja tarde demais.

Sinais de que você é um vítima

A chave para se proteger dessas influências negativas é a detecção precoce.

Ao estarmos atentos a certos sinais e comportamentos, podemos identificar as pessoas que podem estar afetando nosso crescimento pessoal e emocional.

Existem elementos específicos que caracterizam os "vampiros energéticos", entre eles estão:

  • São narcisistas.
  • Se as coisas não correm como eles querem, eles se tornam frios e distantes.
  • Conseguem ganhar a sua confiança e assim entrar na sua vida. Essa intimidade que criam com você, os permite te conhecer e será o que usarão para te manter controlada.
  • A autocompaixão é a sua marca. Eles reclamam o tempo todo de suas circunstâncias em vez de trabalhar para mudar a situação e assim chamar a atenção dos outros.
  • São manipuladores e controladores. Costumam menosprezar aqueles ao seu redor e invalidar seus sentimentos.
  • Costumam monopolizar conversas, falando o tempo todo sobre si mesmos.
  • Exageram situações intrascendentes.

Como identificá-los

Se tiver alguém assim ao seu lado, fique tranquilo porque existem mecanismos para se afastar deles e recuperar sua boa energia. Como?

  • Avalie as suas relações e pense se beneficiam ambos ou apenas uma das partes. Quando tem problemas, essa pessoa te ajuda ou muda a conversa para falar dos seus problemas ou preocupações?
  • Tire um momento para pensar como realmente se sente ao lado dessa pessoa. Você costuma se sentir cansado, sem energia? Como fica depois de ter estado com ele ou ela?

Seu bem-estar é mais importante

O diretor do Instituto de Bem-Estar Socioemocional (IBEM) UDD, Jaime Silva, conversou com o jornal La Tercera e enfatizou 3 recomendações para proteger seu bem-estar e saúde mental dos ‘vampiros energéticos’, sendo necessário:

  • Fortalecer a autoestima: Isso não só permitirá proteger suas próprias necessidades, mas também agirá como um escudo contra possíveis interferências de ‘vampiros energéticos’.
  • Promover o autoconhecimento: Se não sabe o que precisa, como pode expressá-lo numa relação? Identificar os seus interesses e desagrados não só poderá melhorar a sua relação com você mesma, mas também enriquecer as suas interações com os outros.
  • Cultivar a empatia: embora seja vital proteger suas emoções, viver constantemente preocupado com possíveis “vampiros energéticos” não é sustentável. Silva sugere equilibrar essa precaução com empatia, identificando quando as necessidades dos outros são razoáveis. Estabelecer essa combinação, juntamente com uma autoestima forte e autoconhecimento, será fundamental para alcançar relacionamentos equilibrados.
Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM