Sexualidade

Mitos e verdades sobre a masturbação

Prazer sem culpa

Masturbação.

A masturbação é um aspecto natural da sexualidade humana, mas ao longo dos anos, muitos mitos e informações equivocadas têm cercado esse tema.

É importante desmistificar essas crenças e fornecer informações precisas para promover uma compreensão saudável da masturbação.

Confira alguns mitos e verdades sobre esse tema:

Mitos

Masturbação é prejudicial: estudos mostram que a masturbação é uma prática normal e saudável para a maioria das pessoas. Não há evidências científicas sólidas que comprovem que a masturbação seja prejudicial à saúde física. Pelo contrário, pode ter benefícios, como alívio do estresse, melhoria do sono e fortalecimento do sistema imunológico.

Masturbação leva a problemas sexuais: a masturbação geralmente não tem efeitos negativos na função sexual. Pode, na verdade, contribuir para uma vida sexual mais satisfatória. Ao se autoexplorar, as pessoas podem aprender sobre suas preferências e limites, o que pode melhorar a experiência sexual.

Masturbação é causa de culpa e vergonha: muitas culturas e tradições têm associado a masturbação a sentimentos de culpa ou vergonha. No entanto, a maioria dos profissionais de saúde concorda que a masturbação é uma prática normal e não deve ser fonte de constrangimento. Aceitar a sexualidade própria é fundamental para uma saúde mental positiva.

Verdades

Alivia o Estresse: a masturbação pode ser uma maneira eficaz de aliviar o estresse. Durante a estimulação sexual e o orgasmo, o corpo libera endorfinas, neurotransmissores que atuam como analgésicos naturais e promovem uma sensação geral de bem-estar. Isso pode ajudar a reduzir os níveis de estresse e promover relaxamento.

Melhora o Sono: a atividade sexual, incluindo a masturbação, pode ter efeitos positivos no sono. O orgasmo libera substâncias químicas como a oxitocina e a prolactina, que têm propriedades relaxantes. Muitas pessoas relatam uma sensação de sonolência após o orgasmo, o que pode contribuir para uma noite de sono mais tranquila.

Promove conhecimento do Corpo e das Preferências Sexuais: a masturbação é uma forma de autoexploração que permite que as pessoas conheçam melhor seus corpos, descubram o que as excita e compreendam suas preferências sexuais. Isso pode ser especialmente valioso em relacionamentos, pois a comunicação aberta sobre desejos e limites pode melhorar a intimidade e a satisfação sexual mútua.

É crucial desvincular a masturbação de mitos prejudiciais e promover uma abordagem mais positiva e saudável em relação a sexualidade humana. Aproveite e cuide-se!

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM