Comportamento e Relacionamento

3 livros sobre autoestima para mulheres que desejam conhecer o amor-próprio

Além de terapia, os livros também podem ser ótimos aliados para mulheres que precisam melhorar a autoestima

A síndrome da boazinha: Como curar sua compulsão por agradar

A terapia é sempre o caminho mais indicado para quem precisa melhorar a autoestima. No entanto, nem sempre temos recursos financeiros para isso. Neste caso, os livros também podem ser ótimos aliados. Aqui selecionamos três livros que são bem interessantes sobre o tema:

1. Manual do amor-próprio: Porque o grande amor da sua vida é você, de Mica Rocha

No livro “Manual do amor-próprio”, Mica Rocha explora a importância desse estado mental e como ele pode afetar significativamente nossas vidas e nossa perspectiva sobre ela.

A autora aborda temas delicados, como relacionamentos tóxicos, insatisfação com a carreira profissional e bullying, usando sua própria experiência como exemplo e mantendo um tom humorístico.

Com a ajuda de uma psicóloga e testes de autoconhecimento, Mica fornece ferramentas para ajudar o leitor a desenvolver amor-próprio e, assim, encontrar a felicidade.

2. Manifesto da Autoestima: Desprograme toda a insegurança que o mundo te impõe, de Patrícia Cândido

O livro oferece ferramentas para ajudar a superar as dificuldades e se reconstruir. Patrícia Cândido apresenta exercícios e práticas poderosas para que você possa sair do ciclo vicioso e recuperar a autoestima e a confiança em si mesmo.

O objetivo é que você possa se tornar a pessoa que nasceu para ser, sem se preocupar com as expectativas dos outros. Através dessas ferramentas, você poderá se aceitar e se amar como é, ganhando mais segurança e confiança para assumir o controle de sua vida e encontrar a felicidade.

3. A síndrome da boazinha: Como curar sua compulsão por agradar, de Harriet B. Braiker

“Para ajudar a superar este mal, a Dra. Harriet B. Braiker traz em A síndorme da boazinha uma análise criteriosa da compulsão por agradar e oferece um plano de ação de 21 dias para que você possa se curar rapidamente. Aprender a dizer “não”, obter a aprovação de si mesma e não fugir de conflitos são os primeiros passos para uma vida plena de realização e autoestima”.

+ AUTOESTIMA

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM