Saúde e Bem-estar

Estes 4 tipos de alimentos ricos em colágeno ajudam os ossos e a pele e você provavelmente não sabia

O caldo de ossos, por exemplo, é uma das preparações que mais pode fornecer colágeno ao corpo.

Mulher comendo
Reprodução/Pexels (pexels.com)

Manter uma alimentação saudável é muito importante e proporciona benefícios incríveis para a saúde, como por exemplo, o aumento da disposição, a redução do estresse e da ansiedade, a melhora na qualidade do ano, além de também prevenir uma série de doenças.

ANÚNCIO

Uma alimentação correta pode, inclusive, ajudar a conseguir a dose necessária de colágeno, que nada mais é do que uma proteína produzida pelo corpo, que é responsável por garantir firmeza e dar elasticidade à pele, e que pode também ser encontrado em alimentos.

Sendo assim, que tal descobrir alguns alimentos ricos em colágeno que ajudam a pele e também os ossos e você provavelmente não sabia? Confira 4 a seguir, extraídos do portal Nueva Mujer (texto em espanhol):

1. Carnes magras e peixes

As proteínas são formadas por aminoácidos e justamente estes são peças importantes com as quais o colágeno é formado. Carnes magras como frango ou peru, por exemplo, são preferíveis. Desta forma, evitará as gorduras saturadas que possui na carne vermelha.

No caso dos peixes, por causa de seu alto teor de ácidos graxos ômega 3, previnem a oxidação celular e atuam como um potente anti-inflamatório. Adicionar um prato de sardinha ou filés de salmão na dieta, por exemplo, é ótimo para a pele e ossos.

2. Caldo de ossos

O caldo de ossos é uma das preparações que mais pode fornecer colágeno ao corpo. Se feito com ossos e cartilagens bovinas ou de aves, principalmente o pé de galinha, que é o mais rico em colágeno, oferece enorme quantidade de proteína biodisponível.

Com este caldo, você obtém também condroitina e glucosamina, compostos que são utilizados na medicina para melhorar a dor e a rigidez articular causada pela artrite.

ANÚNCIO

3. Ovos e laticínios

É importante que os laticínios sejam desnatados para não adicionar excesso de gordura à dieta. No caso do ovo, é fundamental não descartar a película fina que o separa (antes duro) de sua casca, já que o colágeno se encontra ali.

4. Leguminosas, nozes, cereais e sementes

Embora estes sejam proteínas parcialmente incompletas porque não possuem todos os aminoácidos essenciais, são necessários para que o corpo sintetize efetivamente o colágeno que serve como ‘suporte’.

· · ·

Leia também:

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2023/04/19/4-dicas-simples-para-tirar-o-maximo-de-proveito-do-seu-tempo-na-esteira-e-deixar-o-tedio-de-lado/

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2023/04/17/yoga-5-erros-comuns-que-voce-comete-ao-pratica-lo-em-casa-e-provavelmente-nao-sabia/

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias