Comportamento e Relacionamento

Estes são os 15 sinais de que você está em um relacionamento cármico

As relações cármicas tendem a se tornar codependentes rapidamente

Casal triste na cama
Reprodução/Pexels (pexels.com)

Viver um relacionamento sério com alguém é uma das coisas mais maravilhosas desta vida. Significa partilhar seus medos e insegurança e momentos de alegria e realização com uma pessoa que ama, confia e desejo passar o resto de seus dias ao lado dela.

ANÚNCIO

No entanto, como saber se a relação que você está é cármica? Antes de mais nada, é importante saber que, um relacionamento cármico, está destinado a facilitar as lições que precisamos aprender nesta vida em torno do amor e da parceria, segundo o portal MindBodyGreen.

Esta relação pode ser pensada como um tipo de alma gêmea, pois é uma conexão de duas almas, embora seja diferente do tipo de alma gêmea que cura por natureza. Não é uma navegação tranquila. É um amor que aperta seus botões e te empurra para o crescimento.

Recomendados

Sendo assim, que tal descobrir alguns sinais para saber se a relação que você e o seu parceiro possuem, é cármica? Confira 15 deles a seguir, de acordo com a mesma fonte mencionada acima.

1. Existe uma conexão instantânea

De acordo com a conselheira de relacionamento Margareth Paul, o sinal mais claro de uma relação cármica é que você sente que já conhece a pessoa antes. “Às vezes, voce tem uma sensação muito boa sobre isso, mas às vezes existe um medo associado, dependendo de qual é o karma”.

2. Há muito drama

Uma relação cármica é muito tumultuada. “Se o drama é a base do seu caso de amor, é provável que esteja em um relacionamento cármico” revela a autora espiritual Shannon Kaiser. A situação pode até se tornar tóxica, um sinal de que a relação deve ser curada ou terminada.

3. As coisas parecem estranhas desde o começo

Se você percebeu vários sinais de alerta, ainda que nos estágios iniciais da relação, pode ser que estes gatilhos façam parte da própria lição que o relacionamento a pretende ensinar. Quer isso signifique aprender como curar seus próprios comportamentos tóxicos ou evitar esta dinâmica prejudicial futuramente.

4. Ele faz você se sentir frustrada

De acordo com Kaiser, se você se sente frustrada e incompreendida, provavelmente está em uma relação cármica. Isto acontece, pois, estes relacionamentos raramente são uma união perfeita; são sobre crescimento e, geralmente, por meios dolorosos.

5. Ele é desagradável de estar perto

Você acha a presença dele pesada e relutante, por qualquer motivo e pode ser um sentimento que não consiga identificar. Entretanto, apesar do desconforto, você não quer desistir, mesmo sabendo que deveria.

6. Ele é viciante

Os relacionamentos cármico se tornam cansativos, mesmo apesar dos problemas citados acima, como tensão e frustração inexplicável.

7. Existe muita falha na comunicação

Segundo observa Kaiser, nos relacionamentos cármicos, há muito empurrão e falta de comunicação. Estas falhas podem ajudar a mostrar o que você valoriza e espera em uma relação ou onde a cura precisa acontecer.

8. Há muitos altos e baixos

As coisas em uma relação cármica são muito consistentes e, ainda que você possa ter dias bons, em que tudo parece perfeito, existe uma parte em você que sabe que é apenas uma questão de tempo até que tudo desmorone.

9. Ele é repetitivo

Os altos e baixos no relacionamento tendem a se repetir indefinidamente. Da mesma maneira, você pode se deparar com os mesmos problemas de uma relação anterior, indicando a lição que precisa ser aprendida.

10. Ele se torna codependente

As relações cármicas tendem a se tornar codependentes rapidamente. Você pode sentir que não existe outra opção a não ser dar à ele todo o seu tempo e energia.

11. Ele ilumina os seus medos

Este parceiro trará todos os seus medos à tona: sobre o amor, futuro e seu relacionamento em geral. Seja qual for o trauma passado, será trazido novamente e não existe como fugir.

12. Ele traz o pior de você

A natureza extrema da montanha-russa da relação cármico pode trazer à tona o pior das pessoas mais equilibradas. Você pode se tornar alguém que não reconhece ou mesmo não gosta, perto desta pessoa.

13. Ele te deixa exausta

Todos os altos e baixos, a co-dependência e as falhas de comunicação se tornam energeticamente, emocionalmente e mentalmente exaustivos, em especial quando vocês estão perto um do outro.

14. Você sente que não pode deixar ir

Você pode dar desculpas para o seu parceiro, apesar de todas estas coisas, porque a conexão entre vocês é forte demais e sente que deveria ser.

15. Ele não dura

É fundamental reconhecer que o objetivo é não ficar nesta dinâmica tóxica, já que os relacionamentos cármicos muitas vezes podem se tornar prejudiciais. A meta é aprender com o que não está funcionando e pular fora. Eventualmente, aprender as lições que deveria e se sentir pronta, ambos seguirão em frente.

· · ·

Leia também:

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2023/02/09/chama-gemea-11-sinais-de-que-voce-encontrou-a-sua-alma-de-espelho/

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2023/02/10/estes-sao-os-8-estagios-de-um-relacionamento-de-chamas-gemeas/

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias