Sexualidade

Sexo casual: riscos, benefícios e impactos na saúde

Dependendo do contexto, o sexo casual pode trazer certos benefícios, embora também possa trazer riscos

Sexo casual: riscos, benefícios e impactos na saúde

Sexo fora de um relacionamento sério pode oferecer um espaço de baixa pressão para explorar a sexualidade. Estudos sugerem que a exploração sexual pode apoiar uma transição saudável para a vida adulta. Além disso, o sexo casual também pode ser divertido e ajudar a aumentar a autoconfiança.

Mas existem também certos riscos com o sexo casual. Por exemplo, uma pessoa pode adquirir uma infecção sexualmente transmissível (IST) de atos sexuais desprotegidos. No entanto, as pessoas podem implementar estratégias para reduzir esses riscos, como o uso de proteção com um parceiro consentido.

Neste artigo publicado pelo Medical News Today, veremos uma discussão sobre o sexo casual, como ele pode melhorar a saúde e quais os riscos que pode acarretar.

O que é sexo casual

As pessoas podem definir sexo casual como interações sexuais que ocorrem fora de um relacionamento sério. Muitas vezes, esses encontros ocorrem entre indivíduos sem qualquer expectativa de um futuro relacionamento amoroso. O sexo casual pode abranger uma variedade de comportamentos sexuais e íntimos, incluindo a relação sexual.

A terminologia amplamente difundida também se refere a encontros sexuais casuais como encontros, sexo oral ou sexo casual. Em muitos casos, o sexo casual ocorre apenas uma vez entre os parceiros. No entanto, outros encontros sexuais casuais podem estar em andamento. Na cultura popular, muitas pessoas se referem a um parceiro de sexo casual de longa data como um “amigo com benefícios”.

Existem muitas razões pelas quais as pessoas optam por praticar sexo casual. Isso pode variar de um desejo físico premente a uma insegurança profundamente arraigada. As evidências indicam que algumas das razões mais comuns para praticar sexo casual incluem:

  • aprimorar habilidades sexuais;
  • reduzir o estresse;
  • aumentar a autoconfiança;
  • melhorar o status social;
  • tentar superar um ex.

O sexo casual não é bom ou ruim por si só, e pesquisas mostram que pode trazer benefícios e riscos para a saúde. No entanto, se os benefícios superam os riscos depende do contexto de um encontro sexual.

É emocionalmente e fisicamente saudável?

Se o sexo casual é emocional e fisicamente saudável depende inteiramente dos parceiros sexuais e de cada situação. Alguns encontros sexuais casuais podem ser positivos, enquanto outros podem levar ao arrependimento.

Benefícios potenciais

Uma revisão sistemática de 2020 examinou as respostas emocionais dos indivíduos ao sexo casual. A maioria dos participantes concluiu que sua experiência de sexo casual foi mais positiva do que negativa.

Os indivíduos eram mais propensos a ter uma experiência positiva com sexo casual se evitassem o consumo excessivo de álcool. A satisfação sexual também ajudou a melhorar a resposta emocional a um encontro sexual casual. Finalmente, os participantes tiveram uma experiência melhor com parceiros sexuais casuais se já os conhecessem.

Alguns dos benefícios mais notáveis do sexo casual podem incluir:

  • prazer sexual;
  • se divertir;
  • aumentar a autoestima;
  • evitar um relacionamento.

Em certos casos, o sexo casual pode até levar a um relacionamento futuro. Desde desfrutar de uma escapadela casual até sentir-se sexualmente atraente, o sexo casual pode levar a muitos resultados positivos.

Riscos

As pessoas que têm uma experiência negativa com sexo casual podem se sentir arrependidas, o que foi o foco de um estudo de 2016. A pesquisa sugere que os homens eram mais propensos do que as mulheres a se arrepender de perder uma oportunidade de fazer sexo casual. Em contraste, as mulheres eram mais propensas a se arrepender de encontros sexuais casuais.

Outras pesquisas também indicam que as mulheres tendem a se arrepender mais do sexo casual do que os homens. Alguns dos principais fatores que causam arrependimento após o sexo casual podem incluir:

  • sentir-se pressionado a participar de atividades sexuais;
  • não gostar do encontro sexual;
  • se preocupar com resultados negativos.

O risco de fonte confiável de ISTs também pode levar a resultados negativos de saúde física e emocional. Evidências sugerem que sexo casual mais frequente pode estar correlacionado com riscos mais altos de DSTs devido à impulsividade sexual e uso inconsistente de preservativos. Indivíduos que desejam praticar sexo casual devem conversar com um médico sobre estratégias de prevenção de IST. Aqueles que estão cientes dos riscos e precauções podem maximizar a chance de uma experiência positiva com o sexo casual.

O que considerar

Em geral, os efeitos do sexo casual na saúde dependem do contexto de cada encontro. O envolvimento em sexo satisfatório pode levar a um resultado emocional positivo, e a liberação da tensão também pode levar a resultados físicos positivos. No entanto, experiências negativas com sexo casual também podem ocorrer com atos impulsivos e parceiros sexualmente incompatíveis.

A sexualidade pode ser um aspecto divertido e gratificante da vida. É uma escolha do próprio indivíduo se eles são sexualmente ativos, que tipo de atividades eles participam, quando e com quem. Como tal, é importante praticar a comunicação sexual para permitir sexo casual prazeroso, seguro e satisfatório. As pessoas devem expressar consentimento entusiástico, livre de pressão ou coerção, para qualquer atividade sexual. Eles também podem retirar seu consentimento a qualquer momento.

Além disso, para indivíduos que praticam a monogamia, o sexo casual com outras pessoas pode atrapalhar o relacionamento. Infidelidade e comportamentos fora de um relacionamento comprometido O relacionamento pode representar uma ameaça à saúde emocional e mental. No entanto, outras estruturas de relacionamento podem incluir encontros casuais, e as pessoas podem discutir e estabelecer esses limites com as outras partes do relacionamento.

Crenças e estereótipos

Muitas pessoas podem ter crenças ou estereótipos sobre sexo casual. Essas crenças variam de acordo com a cultura e os antecedentes ideológicos.

Pessoas que fazem sexo casual são promíscuas

Muitas pessoas praticam sexo casual em algum momento de suas vidas. Eles podem estar se recuperando de um relacionamento difícil ou se sentirem muito focados no crescimento pessoal para se comprometerem com uma parceria de longo prazo. Eles podem simplesmente gostar de fazer sexo.

A disponibilidade e várias opções de controle de natalidade e proteção contra DST tornaram o sexo casual muito mais seguro do que no passado. Praticar sexo casual é uma escolha perfeitamente razoável e pessoal. No entanto, ainda é importante que as pessoas pratiquem sexo seguro e consensual.

Sexo casual não tem sentido

O sexo casual pode ser temporário, mas muitas pessoas o consideram significativo. Um estudo de 2018 analisou comportamentos íntimos em torno do sexo, como abraçar ou dormir na casa. A pesquisa sugere que as pessoas que praticam sexo casual exibem os mesmos comportamentos afetuosos que as pessoas em relacionamentos sérios.

Além disso, a sexualidade é diversa e está em constante evolução. As pessoas podem ter requisitos e desejos diferentes de intimidade, e algumas podem achar que o sexo casual pode fornecer essas conexões significativas.

As mulheres esperam por um homem que tomará a iniciativa

Este estereótipo tem raízes em representações convencionais de relacionamentos heterossexuais. Na verdade, muitas mulheres não estão esperando por um parceiro masculino.

Uma pesquisa observa que as mulheres lésbicas também têm menos probabilidade de fazer sexo casual do que os homens gays. Outro estudo sugere que isso pode estar relacionado ao fato de que os indivíduos muitas vezes sexualizam as mulheres ao longo de suas vidas.

Essa sexualização avassaladora pode contribuir para o padrão de mulheres de qualquer orientação sexual praticando sexo casual. Enfrentar a objetificação diária pode ofuscar o apelo de um caso temporário e sexualmente carregado.

Quem está fazendo?

As pessoas podem associar “cultura de conexão” com adolescentes e adultos mais jovens. Na realidade, as pessoas podem desfrutar de sexo casual em qualquer momento de sua vida adulta.

Uma análise de 2020 sugere que adultos com mais de 60 anos frequentemente se envolvem em atividades sexuais. Este é o caso de idosos solteiros e casados.

A pesquisa também indica que o número de jovens adultos solteiros que praticam sexo casual está diminuindo. Para mulheres mais jovens, esse declínio se correlaciona com uma diminuição no consumo de álcool. Para homens mais jovens, a diminuição do consumo de álcool, mais jogos de computador e coabitação com os pais podem contribuir para esse declínio. Além disso, as medidas de distanciamento social devido à pandemia do COVID-19 são fatores prováveis na diminuição das taxas de sexo casual.

· · ·

+ SEXUALIDADE:

Desejo sexual: estas são as 10 categorias mais comuns segundo psicóloga

O que é fraysexualidade? Especialistas explicam o que significa este espectro da sexualidade

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM