Saúde e Bem-estar

Já ouviu falar sobre ortorexia? Alguns sinais te mostram que você pode sofrer desse mal

É melhor se atentar

Já ouviu falar sobre ortorexia? Alguns sinais te mostram que você pode sofrer desse mal
Já ouviu falar sobre ortorexia? Alguns sinais te mostram que você pode sofrer desse mal (Reprodução: Pexels)

As festas de fim de ano estão chegando e com isso, muita comida boa vem pela frente. Mas, algumas pessoas são tão obcecadas por ter hábitos saudáveis, seja em exercícios ou na alimentação, que isso passa do limite e se torna uma doença, como é o caso da ortorexia.

ANÚNCIO

Leia também:

Adele revela o porquê de voltar para a terapia recentemente

Recomendados

Com isso, muitas pessoas começam a cortar coisas da alimentação sem nem perceber se isso é saudável e terá o efeito desejado ou não, prejudicando mais do que ajudando na saúde. A ortorexia é um termo utilizado para explicar ainda mais a obsessão da alimentação saudável, buscando pela pureza e por ter que comer qualquer coisa que seja pura ou limpa.

Algumas pesquisas mostram que esse distúrbio alimentar cresceu ainda mais nos últimos anos, afetando até 7% do público geral, e ligando a ortorexia com o TOC. Segundo Rachel Evans disse para a Cosmopolitan, “O que pode começar como fazer escolhas mais saudáveis pode se transformar em um pensamento preto e branco sobre alimentos ‘bons’ e ‘ruins’, com culpa e vergonha avassaladoras quando uma regra alimentar é quebrada”, explica ela.

Alguns sinais mostram como isso está mais no nosso dia-a-dia do que desejamos, como por exemplo a obsessão por comer apenas alimentos que a pessoa considera saudável, para não ter que ser criticada e seguir uma dieta tão rigorosa que prejudica relacionamentos íntimos.

Além disso, a regra de comer apenas alimentos que sejam puros ou orgânicos, além de ter uma restrição severa ao cortar grupos inteiros de alimento da refeição. Com as regras rígidas, elas fazem qualquer coisa para evitar comer um alimento que não consideram saudável.

E, caso elas precisem quebrar alguma regra alimentar, já começam a sentir uma ansiedade maior do que o normal, carregando um sentimento de culpa avassalador, o que a faz evitar de comer fora muitas vezes. Com isso, se você se identificar com algumas dessas questões, nada melhor do que buscar um nutricionista profissional para te ajudar na questão da alimentação, além de também uma terapia para te ajudar com os problemas emocionais em volta da ortorexia.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias