Comportamento e Relacionamento

Ele a pediu em casamento poucas horas depois de conhecê-la: “Eu sabia que seria para sempre”

Ela achou que era brincadeira, mas ele sempre repetia o pedido. Hoje estão casados e com filhos

Vane e Yannik

Em 2011, Vane, uma argentina, decidiu tirar férias para um destino paradisíaco, a Ilha Margarita, com sua irmã. Elas buscavam diversão, mas Vane acabou encontrado o amor. Ela saiu com sua irmã para dançar e encontrou Yannikolhando para ela: “Não duvido que tenha sido amor à primeira vista”, diz.

Os dois dançaram juntos e decidiram, no outro dia, pegar uma praia. E ali, emoldurados por uma paisagem onírica, deram o primeiro beijo. “Ainda fico com frio quando olho para trás”, diz Vane em entrevista ao La Nacion.

Após o beijo, ele simplesmente a pediu em casamento, mas Vane o olhou com surpresa e, claro, não levou a sério sua proposta. No entanto, ele seguiu pedindo em casamentos nos outros encontros que tiveram.

“Ele me propôs durante as férias idílicas e também os dias de amor à distância. Mais tarde, ele veio para a Argentina para conhecer toda a minha família. Lembro que minha avó, ainda viva, cantou uma música para ele. Yannik ficou impressionado com o espírito de nossa família. E um dia, para sua pergunta habitual sobre se eu queria me casar com ele, eu disse que sim. Eu o amei desde a primeira vez que o vi. Naquela noite na ilha fui tomado por uma emoção que nunca havia sentido em minha vida. Eu soube naquele momento que estava diante do meu amor e que seria para sempre”, lembra.

O resultado da proposta foi o casamento na Argentina, em novembro de 2012. A celebração aconteceu em Villa Nougués, nas colinas de Tucumán, e foi o dia mais feliz da vida de Vane.

Hoje, Vane e seu Mon Amour têm dois filhos e vivem entre Paris e a Normandia. Anos atrás, Yannik a conquistou magicamente e agora, com filhos, ele só fortaleceu seu sentimento por ela. “Com o tempo, ele me mostrou que o que tínhamos não era apenas paixão, química e romance, mas uma companhia única”, reflete Vane.

“Quando vim morar permanentemente na França, foi muito difícil deixar a família e os amigos. A parte que mais me custou foi a parte profissional, eu não sabia francês e aprendi para me adaptar e poder trabalhar. Fiz dois mestrados e agora sou advogada no Barreau de Paris e professora de direito na Universidade de Rouen”, continua.

“A minha história com o Mon Amour mostrou-me tudo o que sou capaz de fazer por amor”, concluiu.

Curtiu esta história de amor? Você também vai adorar:

Ela sonhou que encontrava o amor da sua vida em Los Angeles e decidiu ir em busca dele

Ela se casou com o homem que recebeu o coração do ex-marido

Conheça a história da Miss Argentina e Miss Porto Rico: eram amigas e se apaixonaram

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM