Comportamento e Relacionamento

Ela se recusou a parar de consumir alimentos não-saudáveis e explicou o motivo

A dona da casa pediu para que o consumo de “besteiras” cessasse dentro do lar.

pixabay

Uma mulher de 20 anos usou o Reddit nesta terça-feira (8), para relatar um ocorrido na casa em que está morando. A jovem alugou um quarto na casa de um casal com filhos para facilitar seu período na faculdade. Desde então, tem vivido debaixo do teto do casal e mais duas crianças.

“Tenho um contrato com os pais que são donos da casa e lhes pago o aluguel.

Eles têm dois filhos de 9 e 6 anos”, escreveu ela, por meio do usuário u/Visual_Wonder6402 na plataforma.

“A mãe, que chamaremos de ‘Carla’, 35, é uma daquelas da [vida fitness] do Instagram. É obcecada por comida orgânica e vida saudável. Não há nada de errado com isso. Inclusive, é a vida dela”, disse a jovem na postagem.

De acordo com o relato, o problema começou quando Carla pediu para a autora parar de consumir comidas não-saudáveis.

“Ela disse que as crianças veem minha besteira na geladeira ou no freezer (de qualquer forma, eu mantenho não perecíveis no meu quarto) e querem comer e imploram para comprar as mesmas na loja. Além disso, falou sobre serem birrentos na hora das refeições e que querem comida como a minha”, contou.

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por: “Gerente diz que estagiária deveria ser grata por trabalhar mais que os outros após jovem negar tarefas excessivas”

Recusa do pedido

A jovem relatou que poderia viver um pouco mais saudável, mas este não seria um assunto da conta de Carla. Segundo ela, a mulher está sendo irracional ao pedir para evitar suas besteirinhas.

“Me recusei a parar de comprar comidas não-saudáveis e Carla fez uma ‘brincadeira’ dizendo: ‘Oh, bem, vou despejá-lo em um piscar de olhos se encontrar alguém que não tente meus filhos com porcarias”’, desabafou a autora do relato.

Segundo o texto, Carla afirmou à jovem que estava fazendo um favor a ela ao solicitar o corte em besteiras.

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM