Saúde e Bem-estar

A tendência do TikTok que quebra o estigma em torno da barriga inchada

Muitos problemas podem estar por trás dessa questão

A tendência do TikTok que quebra o estigma em torno da barriga inchada

Quem passa muito tempo navegando pelo TikTok em si já deve ter visto mais uma tendência de bem-estar que viralizou na plataforma, e vai muito além de algo de beleza e maquiagem em si, ou um hack para dormir melhor.

Leia também:

Alguns problemas de estômago na hora de viajar podem ser resolvidos com essa dica

A hashtag #HotGirlsHaveIBS já conta com mais de 14 milhões de vídeos e a tendência não só é algo bom no TikTok, mas também ajuda a quebrar o estigma em torno do inchaço, que faz com que muitas pessoas se sintam mal por ficarem inchadas às vezes.

Essa tendência mostra que a Síndrome do Intestino Irritável, conhecida como IBS na tradução livre, é uma condição que afeta o sistema digestivo e está ligada à passagem dos alimentos ou muito lentamente, ou muito rapidamente pelo intestino, fazendo com que os nervos hipersensíveis e o estresse também sejam ativados nesse momento.

Com isso, quem sofre da síndrome do intestino irritável pode ter sintomas como cólicas, inchaço, diarréia e constipação, indo e vindo com o tempo e também podendo durar dias, semanas e até meses, sendo um problema frustrante de conviver e com um potencial grande demais na nossa vida rotineira.

Por não ter cura, algumas mudanças na rotina podem nos ajudar, junto com a medicação para controlar os sintomas. Com a tendência do TikTok, vemos que pelo menos ⅔ das pessoas que sofrem dessa síndrome são mulheres, e nada melhor do que ver que não estamos sozinhas e que não devemos ter vergonha de falar de algo tão natural assim.

É claro que nem todo mundo se sente confortável em falar da barriga inchada ou de ter que ir muito ao banheiro, mas à medida que as mulheres percebem que não tem nada para ter vergonha disso, mais elas compartilham sobre suas experiências com a questão.

“As pessoas que compartilham suas histórias de IBS tiveram um enorme impacto na conscientização da IBS”, diz Charles Instone, fundador da Wild Dose, que oferece ‘alívio natural para problemas naturais’. “Relacionar os sintomas permitiu que mais pessoas entendessem o que pode estar acontecendo com seus corpos, em vez de apenas sofrer sem saber o porquê”, acrescenta.

Mas, antes de saber se você tem ou não apenas pelos sintomas e pelo que viu no TikTok, é melhor buscar um médico para ter o tratamento adequado. Charles acrescenta: “O perigo disso é que se as pessoas começarem a se auto tratar para a SII, isso pode causar mais problemas se elas não a tiverem. Se você estiver vendo sintomas regulares ocorrerem, como inchaço frequente, é melhor ver um médico para ajudar no diagnóstico.”

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM