Saúde e Bem-estar

Linda Evangelista revela como ficou sua autoestima após procedimento estético a deixar desfigurada

A supermodelo é a nova capa da Vogue britânica

Linda Evangelista revela como ficou sua autoestima após procedimento estético a deixar desfigurada

Os procedimentos estéticos podem ser maravilhosos, mas precisamos ficar cientes de que erros podem acontecer e as coisas não saiam exatamente como a gente gostaria. Infelizmente foi o que aconteceu com Linda Evangelista, ex-supermodelo que fez um procedimento de criolipólise e congelamento de gordura, e acabou com o rosto totalmente desfigurado.

Leia também:

Mulher viraliza ao contar que ficou com coletor menstrual no útero por 7 meses

Ela, que recentemente foi capa da Vogue britânica, contou que as imagens que estavam na capa não eram a sua realidade, revelando até que seu rosto havia sido “gravado” para essa sessão de foto. “Essa não é minha mandíbula e pescoço na vida real. Não posso andar com fita adesiva e elásticos em todos os lugares. Quer saber, estou tentando me amar como sou”, acrescentou. “Mas para as fotos... para as fotos eu sempre acho que estamos aqui para criar fantasias. Estamos criando sonhos. Acho que é permitido. Além disso, todas as minhas inseguranças são cuidadas nessas fotos, então eu tenho que fazer o que eu amo fazer.” confessou ela.

O procedimento estético em questão deveria diminuir as células de gordura, e não aumentar como foi o que aconteceu, o que a fez se sentir insegura e desconfigurada. “Se eu soubesse que os efeitos colaterais podem incluir perder o seu sustento e você vai acabar tão deprimido que você se odeia... eu não teria corrido esse risco.”

Ela conta que o que a motivou a fazer o procedimento foram os comerciais de CoolSculpting que aparecem o tempo todo na TV ou nas redes sociais. ‘Você gosta do que vê no espelho?’ Eles estavam falando comigo”, acrescentou a mulher de 57 anos. “Era sobre a gordura localizada em áreas que não se moviam. Dizia sem tempo de inatividade, sem cirurgia e... eu bebi a poção mágica, e bebi porque sou um pouco vaidosa. saiu pela culatra.”

A cirurgia em si a fez ter incisões em todo o corpo, com pontos e roupas de compressão por oito semanas, não ajudando em nada e não deixando ela nem fazer as refeições direito. “Eu estava tão envergonhado, eu tinha acabado de gastar todo esse dinheiro e a única maneira que eu conseguia pensar para consertar era zero calorias, então eu só bebia água. Ou às vezes eu comia um pedaço de aipo ou uma maçã.” ela admitiu. “Eu estava perdendo a cabeça.”

A ex-supermodelo processou a empresa, e o caso foi resolvido. “Estou ansiosa pelo próximo capítulo da minha vida com amigos e familiares, e estou feliz em deixar esse assunto para trás. Estou curado mentalmente? Absolutamente não. Mas sou muito grato pelo apoio que recebi de meus amigos e da minha indústria.” finalizou ela.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM