Saúde e Bem-estar

Dicas simples de um médico para vencer o vício em açúcar e doces

Você já sentiu um desejo descontrolado por doces?

Hoje é Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil

Você já sentiu um desejo descontrolado por doces? Em sua conta no Instagram, o médico Stephane Decrock diz que é possível que você tenha um vício em açúcar e não saiba disso. “Essa condição é mediada por um conjunto de reações biológicas e fisiológicas que levam à sensação de necessidade de comer doces de forma desenfreada, caindo em uma compulsão alimentar e cometendo excessos”, afirma.

Como combater o vício em açúcar

A mesma fonte lista algumas dicas para lidar com a situação e melhorar sua saúde:

  • Ingira mais “comida de verdade”, já que os produtos naturais, na maioria das vezes, não têm aditivos. Portanto, coma mais frutas e verduras.
  • Elimine o açúcar refinado e as farinhas processadas, já que eles são os responsáveis por gerar esse círculo vicioso. Consumi-los, mesmo que seja em um “lanchinho”, desestabiliza o equilíbrio dos seus hormônios e neurotransmissores, gerando mais desejos.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Estes são os alimentos que você deve comer para queimar gordura e ganhar massa muscular

· · ·

  • Coma proteína, gordura e fibra no café da manhã (nozes, abacate e ovos mexidos). A combinação desses três nutrientes é uma boa ferramenta para controlar a glicose no sangue.
  • Medite: o estresse aumenta o cortisol, um hormônio que altera o açúcar no sangue.
  • Comece a se exercitar aos poucos. Por exemplo: caminhando de 30 a 60 minutos por dia, pois treinar em uma intensidade muito alta ou por períodos longos pode aumentar o seu apetite, fazendo com que você coma os alimentos errados.
  • Dormir o suficiente também é fundamental, uma vez que ficar acordado até tarde causa elevação do cortisol — o que aumento o desejo por açúcar.
  • Beba 3 litros de água purificada por dia. Muitas vezes confundimos a ansiedade de comer com a sede.
  • Tome suplementos com vitamina D e magnésio.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM