Comportamento e Relacionamento

Nomes de bebê: 10 nomes indígenas e seus significados

Palavras e nomes de origem indígenas são comuns no nosso dia a dia; aqui vão algumas inspirações

Palavras e nomes indígenas fazem parte da língua e da história do povo brasileiro. Muitos dos termos que usamos e conhecemos são derivados da maneira de se comunicar dos povos originários.

Isso porquê, antigamente, na época em que os europeus apareceram por aqui, existiam mais de 1000 diferentes línguas nativas. Hoje, esse número já foi reduzido a 150. Somente a família Tupi-Guarani – que é a mais conhecida – e que apresenta 31 línguas e/ou dialetos distintos.

Os pajés – pessoa de destaque nas tribos por terem conhecimentos espirituais e medicinais – eram os responsáveis por nomear a criança recém-nascida. Assim como no caso dos africanos, a escolha dos nomes indígenas sofria influência dos acontecimentos do momento em que o bebê veio ao mundo.

Veja abaixo alguns nomes indígenas, de meninos e meninas, e seus significados, para você se inspirar com o nome do seu bebê que vem por aí:

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Nomes de bebê: 6 nomes femininos tendência em 2022

· · ·

Nomes indígenas femininos

Aiyra: Filha (Tupi)

Jaci: Lua (Tupi)

Kaolin: Bela jovem (Tupi)

Raíra: Humano (Tupi)

Tainá: Estrela (Tupi-guarani)

Nomes indígenas masculinos

Anori: Tracajá (espécie de tartaruga) macho (Nheengatu)

Cauê: Homem sábio e bom (Tupi)

Rudá: Divindade do amor (Tupi)

Sami: aquele que tem olhar inquieto (Tupi)

Yakecan: O som do céu (Tupi)

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM