Comportamento e Relacionamento

Durma com os anjos: psicólogo compartilha maneiras simples e rápidas de melhorar seu sono

As soluções eficazes tendem a ser as mais simples

“Se você tem se revirado na cama noite após noite, sabe que o sono pode se transformar em uma luta”, escreve o psicólogo Seth Gillihan. “Não faltam aparelhos e remédios para melhorar o seu sono — mas as soluções eficazes tendem a ser as mais simples. Dormir, afinal, não é fazer mais, mas descansar do esforço e das obrigações.” Veja como acertar no processo.

1. Exponha-se à luz na hora certa do dia

Saia no início do dia para enviar ao seu cérebro uma mensagem forte de que é hora de acordar. À noite, evite luz forte — incluindo telas azuis — para que a sua glândula bombeie melatonina, o que sinaliza que é hora de dormir.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Raiva: psicóloga dá dicas para entender e processar esse sentimento

· · ·

2. Libere a tensão

Faça três respirações lentas e calmantes. Em seguida, mantenha os punhos apertados e segure por cinco segundos. Relaxe as mãos completamente enquanto respira mais três vezes e sinta o relaxamento irradiar pelos braços e pelo corpo. Repita quantas vezes quiser.

3. Deixe o esforço de lado

Pare de tentar dormir e permita que o processo seja um descanso, literalmente. Lembre-se sempre que não é o seu “dever” adormecer. Portanto, deixe de lado qualquer sentimento de obrigação e deixe o sono chegar quando ele tiver que chegar.

4. Relaxe antes de dormir

Dedique os últimos 30 minutos do seu dia para relaxar. Faça atividades tranquilas, como ler, conversar com uma pessoa querido ou alongamentos suaves.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM