Saúde e Bem-estar

3 passos simples para evitar os adoçantes artificiais e manter seu corpo saudável

Aprenda a evitar os adoçantes artificiais

Açúcar

Um grupo de pesquisadores franceses acompanhou mais de 100 mil adultos por cerca de oito anos. A dieta e o consumo de adoçantes foram monitorados diariamente. Enquanto isso, foram avaliadas as ligações entre adoçantes e câncer.

No final, os pesquisadores encontraram uma ligação entre alguns adoçantes artificiais — especialmente aspartame e acessulfame-K — e um risco aumentado de câncer. Sendo assim, fica a questão: como evitar adoçantes artificiais e garantir uma boa saúde?

1. Corte os produtos com adoçantes artificiais da sua dieta

Embora muitos dos chamados alimentos e bebidas dietéticos possam até ser viciantes, este estudo prova que esses produtos não valem o risco (ou seja, risco de câncer).

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por: “”

· · ·

2. Leia os rótulos com bastante atenção

Os refrigerantes diet e as gomas de mascar “sem açúcar” são bastante óbvias — mas você sabia que os adoçantes artificiais são frequentemente encontrados em iogurtes, barras cereais, bebidas esportivas e até mesmo em sucos de vegetais? Portanto, leia bem o rótulo antes de comprar os produtos.

3. Opte por adoçantes naturais

Tampouco é interessante que você se entregue ao açúcar. Em vez disso, experimente os substitutos naturais do açúcar, como as opções sem calorias e adoçantes naturais: mel, xaropes, tâmaras e até mesmo purê de banana.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM