Saúde e Bem-estar

Indispensáveis: as 6 melhores vitaminas para mulheres

Saiba quais são as mais importantes vitaminas para mulheres

Não importa a sua idade: dos 20 aos 70 ou mais, existem vitaminas para mulheres que você deve ter certeza de que estão incluídas na sua dieta. Com isso em mente, quais são as vitaminas mais importantes e melhores para as mulheres para prevenir problemas de saúde? A seguir estão as melhores vitaminas absolutas para as mulheres, segundo o Dr. Axe.

1. Vitaminas A

A vitamina A desempenha um papel crítico na manutenção de olhos e visão saudáveis, função neurológica, pele saudável e saúde hormonal/reprodutiva, e apoia os pulmões, fígado, rins e órgãos digestivos.

2. Vitaminas B, incluindo folato

As vitaminas do complexo B, incluindo a vitamina B12 e o folato, são importantes para o metabolismo da mulher, prevenindo a fadiga e aumentando as funções cognitivas.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Será que você tem? 11 sintomas da doença celíaca para ficar de olho

· · ·

3. Vitamina C

A vitamina C não só melhora a imunidade contra resfriados, infecções e outras doenças. Seu corpo também usa vitamina C para sintetizar compostos importantes como colágeno, um tipo de proteína estrutural que compõe o tecido conjuntivo e ajuda na cicatrização de feridas.

4. Vitamina D3

A vitamina D3 é importante para a saúde óssea/esquelética, funções cerebrais, prevenção de distúrbios de humor e equilíbrio hormonal, pois atua de maneira muito semelhante a um hormônio uma vez dentro do corpo.

5. Vitamin E

Os efeitos positivos da vitamina E incluem sua capacidade de apoiar as funções adequadas de muitos órgãos, atividades enzimáticas e processos neurológicos.

6. Vitamina K

A vitamina K é importante para a construção e manutenção de ossos fortes, coagulação do sangue e prevenção de doenças cardíacas.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM