Comportamento e Relacionamento

Garota elogiada por não ceder assento a mulher grávida no ônibus: confusão parecida no metrô traz a história de outro jovem

As confusões por assentos preferenciais são mais comuns do que parecem.

O relato de uma moça ganhou altas proporções em um fórum famoso na internet, o Reddit. Ela contou que teria negado o assento a mulher grávida por um motivo específico e os internautas a apoiaram.

De acordo com o relato, a jovem possuía uma deficiência na perna, devido a um acidente, e estava de muleta. Contudo, a mulher grávida gritou com ela e pediu para que a jovem se retirasse do assento.

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Jovem é elogiada por não ceder assento a mulher grávida no ônibus: relatos de outros passageiros

A moça conta que continuou sentada, pois corria o risco de cair, caso ficasse de pé no transporte. Em seu relato, diversas pessoas ofereceram apoio. Depois de quase um mês, um jovem contou sua experiência um pouco parecida com a da moça.

Relato sobre ocorrido no metrô

Ao comentar no caso da jovem, um usuário compartilhou sua experiência que resultou em uma confusão por não ceder assento a uma senhora no metrô.

“Uma vez eu estava no metrô com um amigo que tem uma deficiência invisível. Eu tinha adormecido e fui acordado pela confusão. A mulher que parecia tão saudável quanto ele e estava sentada ao lado dele exigiu que ele cedesse seu lugar para uma senhora idosa que subiu”, iniciou o usuário do Reddit.

Segundo ele, a senhora passou direto pelos assentos preferenciais do metrô e não solicitou a ninguém. “Acordei porque ela começou isso gritando.”

“A pessoa com quem eu estava disse: ‘Tenho uma deficiência que me torna incapaz de manter o equilíbrio se estiver em um veículo em movimento’”, contou ele. “Essa mulher (mais uma vez, não aquela que “merecia” o lugar) disse a ele que ele estava sendo egoísta e mentiroso. Ele disse ‘Se eu me levantar, as chances são de que eu vou cair sobre ela ou você.’”

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Aniversário da decepção: Mulher não acredita no que ganhou e se sente insultada com presentes de filhos e marido; “Me sinto invisível

Ainda assim, a mulher continuou dizendo que o rapaz mentia. Ao ser questionada sobre o porquê de ela não ceder o lugar, já que estava acostumada, a moça rebateu dizendo que uma mulher não deveria ceder.

“Eu tenho um problema nas costas, mas eu teria desistido do assento assim que acordei se a senhora idosa tivesse pedido. Em vez disso, a pobre querida parecia tão humilhada e ficou ali com a cabeça baixa”, disse o menino no relato, se referindo à senhora.

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM