Saúde e Bem-estar

Os médicos acreditam que o TikTok é o responsável por aumentar os casos de TDAH

Muitos jovens vêm se questionando na rede

Ultimamente no TikTok muitos vídeos sobre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, também conhecido como TDAH, vem aparecendo na timeline. A condição afeta muitas pessoas e pode trazer inquietude, dificuldade de concentração e agir por impulso.

Leia também:

Mulher fica com lábio 8 vezes maior após preenchimento labial

O TikTok, mesmo conscientizando as pessoas sobre essas questões, também faz muitas pessoas pensarem se elas estão com esse problema ou não, já que nem sempre o conteúdo publicado traz as informações corretas.

A desinformação faz com que os médicos notem um influxo de pacientes questionando se eles tem TDAH. “Nos últimos dois anos (em particular desde o início da pandemia), muitos médicos estão notando um aumento de pacientes que aparecem em seus consultórios se perguntando se têm TDAH”, disse o autor do estudo, Anthony Yeung, MD.

“Achamos que o TikTok foi pelo menos parcialmente responsável por essa maior conscientização sobre o TDAH”, acrescentou Yeung. “A hashtag #ADHD é a sétima hashtag de saúde mais popular na plataforma, e também há uma grande comunidade de TDAH na plataforma”.

Ele ainda disse que essa conscientização é uma faca de dois gumes, já que os mitos e o estigma sobre os transtornos mentais podem ser destruídos, mas a disseminação das informações erradas pode aumentar também, já que apenas 21% dos vídeos apresentam informações corretas.

“Outros vídeos pegaram experiências comuns do dia a dia e disseram incorretamente que esses eram sintomas de TDAH. Por exemplo, falta de foco ou concentração pode ser uma experiência normal devido ao sono inadequado ou também devido a estressores médicos, psicológicos ou sociais e de relacionamento. descobriu que alguns vídeos enganosos não mencionavam essas considerações importantes e não tinham nuances.”

O TikTok vem checando os vídeos em busca da segurança e do bem-estar da comunidade, e o porta-voz da plataforma disse que removerá as informações erradas, já que causam danos significativos aos indivíduos e ao público geral, independente da intenção.

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM