Saúde e Bem-estar

Bella Hadid conta sobre sua cirurgia plástica aos 14 anos

Ela recentemente comentou sobre sua batalha com a saúde mental e física

Bella Hadid vem compartilhando recentemente sobre sua batalha com a saúde mental e física, e trouxe um pouco mais disso na Vogue América de Abril onde foi a estrela da capa. A modelo de 25 anos sempre disse que não tinha feito nenhuma cirurgia plástica, mas agora revelou que passou por um procedimento no nariz aos 14 anos e se arrepende.

Leia também:

Chloe, de Euphoria, conta sobre o transtorno alimentar ao ser chamada de gorda por agente

Ela também contou sobre sua luta com a imagem corporal, já que por conta das inúmeras comparações com sua irmã mais velha, Gigi Hadid, ela se sentia feia. Com descendência holandesa e palestina, ela conta que: ”Eu gostaria de ter mantido o nariz dos meus ancestrais. Acho que teria crescido nisso. As pessoas pensam que eu mexi no meu rosto inteiro por causa de uma foto minha quando adolescente e inchada. Tenho certeza que você não parece o mesmo agora do que quando tinha 13 anos, certo?”

Ela nunca fez preenchimento, nem levantar os olhos como muitos acham que ela faz, sendo apenas um truque de fita adesiva muito usado em fotografia. As críticas com a aparência a fizeram sentir como se ela não fosse digna de ser uma supermodelo, como se fosse uma síndrome do impostor.

“Eu tive essa síndrome do impostor, onde as pessoas me faziam sentir como se eu não merecesse nada disso. As pessoas sempre têm algo a dizer, mas o que tenho a dizer é que sempre fui incompreendido na minha indústria e pelas pessoas ao meu redor.”

Bella ainda explica que as comparações enquanto foi cresceram a deixaram com várias inseguranças e também acabaram desencadeando ansiedade, depressão, problemas alimentares e problemas de imagem corporal. Ela odeia ser tocada e diz que sofre uma ansiedade social intensa, se tornando uma boa atriz nos últimos anos.

Ao desenvolver uma anorexia no ensino médio, foi diagnosticada com TDAH e com o remédio traz um efeito supressor de apetite, isso acabou desencadeando um distúrbio alimentar, onde ela contava até as calorias que comia. Hoje em dia, Bella tem uma boa relação com a comida, e ainda luta contra os sentimentos dismórficos desse período.

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM