Saúde e Bem-estar

O número de xícaras de café que você deve beber para melhorar sua memória, segundo cientistas

O café, na quantidade certa, ajuda a manter seu cérebro saudável

Uma notícia gostosa: estudos (em inglês) associaram o café à boa memória. Ao comparar as pessoas que bebem o “cafezinho” regularmente com as que não o tomam, observou-se que os fãs da bebida apresentam um declínio cognitivo menor com o passar do tempo.

O segredo está nas porções. Pesquisadores da Universidade de Harvard (em inglês), nos Estados Unidos, acompanharam 400 mil pessoas ao longo de 11 anos para chegar a resultados precisos. Portanto, anote aí: os benefícios da bebida são obtidos com três a cinco xícaras diárias. Nem mais, nem menos.

· · ·

Você está curtindo este conteúdo? Então é provável que se interesse por este outro texto:Suco detox: esta receita é um ótimo diurético para limpar seu corpo de dentro para fora

· · ·

As pessoas que não tomavam essa quantidade ou extrapolavam tal limite tinham um menor volume do cérebro, sendo o hipocampo (região associada à memória) o mais afetado.

Ainda de acordo com a Escola de Medicina da Universidade de Harvard, as pessoas que bebem muito café teriam pelo menos 53% mais chances de serem diagnosticadas com demência em algum momento da sua vida. Apesar de não haver conclusões certeiras sobre essa questão, acredita-se que altos níveis de cafestol (uma substância que também aumenta o colesterol!) expliquem o problema.

· · ·

Atenção: este texto não tem como objetivo fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a conteúdos exclusivos: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe nossos textos. Cada contribuição é muito valiosa para a nossa equipe de redatores e jornalistas, e o seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM