Estilo de Vida

5 dicas para facilitar a decoração do corredor

Não precisa deixar esse espaço vazio

Quando começamos a projetar nossa casa, às vezes esquecemos de um espaço que não merece ser deixado de lado: o corredor. Seja qual for o tamanho dele, existem diversas possibilidades para transformar esse espaço e não deixá-lo perdido em meio a decoração.

Por isso, trouxemos 5 dicas especiais para você considerar ao transformar esse espaço.

1. Atenção à passagem

O corredor, antes de tudo, precisa ser um espaço funcional, então os itens que estão nele não podem atrapalhar a passagem, pensando sempre no tamanho e na proporção que as coisas que queremos colocar nesse espaço carregam.

2. Invista nas cores

Se você não quer tantos itens de decoração no local, pode investir em cores vivas para que o espaço não fique sem graça, como tons monocromáticos que entregam o charme e o diferencial do espaço em meio a decoração.

3. Já ouviu falar em Gallery Wall?

Uma das formas mais utilizadas para decorar o corredor, o Gallery Wall é feito através de uma parede neutra ou colorida, onde colocamos obras de arte, quadros, colagens e fotografias, fazendo uma verdadeira galeria em nossa própria casa.

4. Que tal investir em prateleiras?

As prateleiras podem ser uma ótima opção para quem quer transformar esse espaço, deixando ele não só bonito como também funcional, e encontrando um lugar para deixar nossos livros e itens preferidos de decoração.

5. Jogo de luzes

Você pode dar outro ambiente para o corredor ao trazer um jogo de luzes, trabalhando de forma cenográfica através de luzes, luminárias, spots ou fitas de led, investindo na criatividade.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

A decoração natural veio para ficar

Truque caseiro para deixar a geladeira limpa e sem cheiro

É hora de investir nas flores tropicais

Dicas para combinar quadros e plantas e deixar o ambiente harmônico

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM