Estilo de Vida

Dicas para combinar quadros e plantas e deixar o ambiente harmônico

Essa composição é mais do que possível e traz o aconchego que precisamos no lar

Quando pensamos em decorar a casa, logo queremos colocar quadros e plantas para preencher os espaços vazios, já que esses itens transformam o espaço em poucos passos, não é mesmo?

Mas, antes de investir na tendência, precisamos pensar em como equilibrar o uso dos dois dentro do ambiente, para que se torne um lugar harmônico e cheio de inspiração. Essa combinação é perfeita para salas, copas e varandas, mas você também pode apostar no quarto ou no hall de entrada.

Como começar?

Para começar a montar, você precisa analisar o que quer com aquele ambiente, e testar todas as combinações possíveis para que estejam alinhadas tanto com suas preferências quanto com o que você já tem no cômodo, como cores e itens de decoração, e como irá complementar esse espaço.

Qual o tamanho?

Veja bem o tamanho da área que será preenchida, já que o distanciamento entre um item e outro deve ser levado em consideração para que o ambiente não pareça menor do que ele é. Se você manter a mesma distância para todos os itens, o visual já fica visualmente mais equilibrado. Já em questão de altura, devemos pensar no que vem abaixo do quadro ou da planta como um aparador, um sofá ou uma mesa, e a partir daí dispor os itens.

Lembre-se: As plantas precisam de iluminação natural, então cuidado com as lâmpadas de casa e prefira sempre lâmpadas de LED, que não estragam as plantas e são bem mais econômicas. Vale investir em novas luminárias para combinar com o ambiente também, viu?

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Como deveria ser sua casa de acordo com o seu signo

5 coisas que você deve fazer ao acordar para aproveitar o dia de um jeito muito melhor

Estas 4 dicas vão ajudar você a manter sua casa livre de excesso de ácaros

A decoração natural veio para ficar

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM