Saúde e Bem-estar

A dieta da melancia é perigosa?

Spoiler: é perigosa sim. Veja aqui os motivos para você não testar

A série da Netflix, Cheer, chegou em sua segunda temporada e faz muito sucesso pelo mundo todo mostrando a vida das competições de líderes de torcida de Navarro, nos Estados Unidos.

Uma líder de torcida em especial chamada Gabi Butler faz muito sucesso, tanto como influenciadora quanto por trazer a dieta da melancia em uma conversa com sua colega de equipe Brooke Morosca, que segundo ela usa para limpar seu corpo.

Gabi conta que: “Você não está realmente jejuando, mas está com algo no estômago, então você não está apenas não tendo nada. Na verdade, é muito bom para você e remover todas essas coisas tóxicas.”

Segundo ela, a melancia limpa tudo porque é principalmente água, então diz que adota essa dieta quando ela sente que passou alguns dias comendo mal. Acontece que, por ser uma dieta que envolve comer apenas um alimento, algumas complicações chegam ao nosso corpo.

A nutricionista Signe Svanfeldt conta que existem diversas maneiras de fazer a dieta da melancia, mas que não é algo que ela faria ou aconselharia saudável alguém fazer, pois se trata de uma dieta desequilibrada, já que conta com apenas um alimento, e não traz nem nutritivos nem equilíbrio para o nosso corpo, que precisa de uma variedade de alimentos para funcionar bem.

Além disso, a melancia tem baixo teor de energia, sendo um desafio conseguir fazer tudo do dia a dia apenas comendo melancia, acarretando deficiências nutricionais, fadiga, perda muscular, problemas hormonais e até queda de cabelo.

Quais são os prós e contras?

Não existem benefícios ao fazer uma dieta específica com um só alimento, já que você só tem os nutrientes que aquele alimento oferece. Se for para limpar o seu corpo, a melancia não ajuda a tirar as toxinas, já que nossos órgãos já fazem isso naturalmente.

A melancia, por exemplo, pode fazer parte de uma dieta saudável e equilibrada por conta de seus benefícios, mas não deve ser utilizada sozinha. Você pode tentar fazer uma salada de frutas, por exemplo, e ter algo bem mais nutritivo e equilibrado.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Como lidar com a epidemia do burnout?

Quando as multitarefas são prejudiciais?

Estes são 5 dos alimentos mais recomendados para prevenir a doença de Alzheimer

Nada de aspirina: os medicamentos que você NÃO deve tomar em caso leve de COVID-19

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM