Saúde e Bem-estar

Sabe aquele “bolsinho” que temos na calcinha? Descubra o que ele significa aqui

Você nem imagina e não é algo ruim

Quem nunca se pegou vestindo uma lingerie e pensando para que serve aquela camada extra de tecido que às vezes não ajuda? Muitas de nós pensamos que pode ser para guardar algo, ou para utilizar tecidos que sobraram, ou para deixar a peça mais confortável.

O que acontece é que o conforto também é uma das razões, mas não é só isso. Aquele pedaço de tecido que é chamado de “reforço” nos ajuda a manter a saúde da nossa vagina. Isso porque, utilizamos muitos tecidos sintéticos na produção das lingeries femininas, como por exemplo a renda, e esse reforço é feito de algodão, que ajuda a pele a respirar e absorver alguns líquidos naturais do nosso corpo, nos prevendo até de pegar infecções por fungos também.

Passamos o dia todo de calcinha e nosso corpo começa a produzir suor e umidade ao longo desse tempo, que acaba ficando preso na nossa lingerie e a bactéria do suor pode ser absorvida por esse reforço, por exemplo, impedindo de entrar em áreas íntimas como a vulva.

“Esse acúmulo de suor também pode alterar o nível de pH natural da vagina, o que, por sua vez, pode aumentar a probabilidade de doenças como vaginose bacteriana, infecções por fungos e infecções do trato urinário. Leveduras e bactérias realmente prosperam em lugares úmidos e escuros e em certos materiais de roupas íntimas pode criar aquele ambiente úmido - especialmente se não houver nenhum forro para proteger a vagina. " contou Dr. Lakhani para a Glamour do Reino Unido.

Então, a dica é buscar por tecidos e materiais que deixam nossa vagina respirar quando formos comprar novas lingeries. Lycra e Nylon, por exemplo, não são esses tipos de tecido e isso não quer dizer que você já vai ter uma infecção ao usar ele, mas as chances de contrair uma doença é menor com tecidos mais respiráveis.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM