Comportamento e Relacionamento

Pronta para juntar as escovas? Confira aqui 3 dicas financeiras antes de morar junto

Assim, os problemas vão ser cada vez menores

Morar junto pode ser algo maravilhoso e é um grande passo na vida de um casal, não é mesmo? Ter aqueles momentos especiais, não precisar mais pensar em quando será a próxima vez que vocês vão se ver, planejar uma vida a dois... Mas, com grandes poderes, chegam grandes responsabilidades também.

Além de ter que passar por uma mudança que já pode ser algo caótico o suficiente, várias coisas precisam ser decididas para não criar confusão e deixar tudo alinhado, principalmente do ponto de vista financeiro. Pensando nisso, listamos aqui as principais dicas para você considerar antes de morar junto, e assim evitar os problemas que possam aparecer.

1. Converse sobre dinheiro

Por mais que seja algo chato e que incomode muitas pessoas, é preciso conversar sobre dinheiro. Seja sobre salário ou sobre os gastos que cada um tem, é preciso organizar as finanças a partir dos valores que chegam na casa, e principalmente deixar claro quando algo mais preocupante acontecer, como alguém ficar sem dinheiro e o outro poder ajudar nesse momento.

Assim, cada um se conhece melhor e sabe as limitações um do outro, podendo decidir quem fica com cada responsabilidade, e o dinheiro não se torna aqui um problema que acaba com muitos casais.

2. Deixe as contas com uma só pessoa

Ao morar junto, é preciso decidir quem vai ficar encarregado de pagar as contas, e essa é uma tarefa de grande importância e responsabilidade, e deixando com uma só pessoa não vira bagunça.

Para que o peso não fique só para uma pessoa, ainda mais em tempos que um está passando por momentos mais difíceis que o outro, a responsabilidade pode ser intercalada, sendo um mês para um pagar todas as contas, e um mês para outro. Isso não quer dizer que o dinheiro deve sair só de uma pessoa, então quem pagar também tem a responsabilidade da cobrança.

3. Organize as despesas de acordo com as necessidades

Além de ter gastos com comida e contas como luz, água, internet e aluguel, é preciso priorizar o que mais será gasto, para que isso não afete o orçamento um do outro, já que além de gastar com as coisas da casa precisamos de um momento para nos divertir. Então, vale reavaliar se é realmente necessário uma diarista ou se vocês dão conta do recado para economizar, por exemplo.

Também vale lembrar também que as contas devem ser divididas, principalmente pensando na renda de cada um e deixando os valores proporcionais.

Com essas dicas, sua vida financeira à dois será ainda mais fácil! Pronta para colocar em prática?

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM