Sexualidade

Jovens LGBTQ+ têm 3 vezes mais chances de desenvolver um transtorno alimentar

De acordo com estudo, 20% dos jovens LGBTQ+ experimentou ou “está passando por” um transtorno alimentar

Jovens LGBTQ+ têm três vezes mais chances de ter um transtorno alimentar, de acordo com um novo estudo independente da Just Like Us.⁠ A instituição de caridade para jovens LGBTQ+ entrevistou 2.934 alunos de 11 a 18 anos (do quais 1.140 são LGBTQ+) em 375 escolas no Reino Unido.⁠

⁠De acordo com o estudo, um em cada cinco — ou seja, 20% dos jovens LGBTQ+ — experimentou ou “está passando por” um transtorno alimentar — um grande contraste com os 7% de pessoas não LGBTQ+.⁠


Leia também

Se você está gostando deste conteúdo, é provável que também se interesse pela nossa publicação mais recente:

  1. Mulher é encontrada em área onde vivem apenas ursos

Os números⁠

Um quarto das meninas bissexuais (24%) e jovens lésbicas (23%) disseram ter um transtorno alimentar, o que é (novamente) um aumento significativo em relação ao número de meninas heterossexuais: 9%.

Em seguida, estão 22% dos jovens transexuais.⁠

⁠A pesquisa também descobriu que 18% dos meninos gays e 13% dos meninos bissexuais tiveram distúrbios alimentares em comparação com 3% dos meninos heterossexuais.⁠


Leia também

  1. Mulher é encontrada em área onde vivem apenas ursos
  2. 2 filmes da Netflix que demonstram o perigo de um relacionamento tóxico
  3. Manchas na pele: acabe com o problema com esta máscara caseira de limão e óleo de coco

Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores.


Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Além disso, fazemos parte do Google Notícias:

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM