logo
Madonna / Reuters
Estilo de Vida 31/03/2021

Madonna mostra que moda também é política ao reutilizar um vestido icônico 30 anos depois com um propósito

Madonna foi e sempre será uma diva no mundo da música e da moda. Há poucos dias, ela provou isso, mais uma vez, ao reutilizar um vestido icónico 30 anos depois com um propósito bem interessante

Na última sexta-feira (26), Madonna surpreendeu todos ao reutilizar um vestido icónico que marcou sua carreira em um vídeo, publicado no Instagram, em parceria com Steven Klein.

A cantora usou a primeira vez o vestido dia 25 de março de 1991, quando tinha apenas 32 anos, e naquela época sua missão era uma: se apresentar de forma glamurosa para uma plateia de artistas consagrados na premiação do Oscar.

Com um peteado igual de Marilyn Monroe, Madonna usou joias criadas pelo prestigiado joalheiro Harry Winston e, segundo o portal português Sapo, avaliadas em 17 milhões.

Agora, aos 62 anos, sua missão ao reutilizar o icônico vestido é chamar atenção não de artistas, mas de toda a sociedade sobre um tema muito importante: violência doméstica e repressão policial. “O mesmo vestido, um campo de batalha diferente”, escreveu na legenda do vídeo.

LEIA TAMBÉM

Apoie
Compartilhe os nossos textos com os seus amigos. O seu apoio ajuda a manter a NOVA MULHER como um site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o nosso trabalho.

Siga-nos
Gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a mais novidades: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Nós também participamos do Google Notícias: